Desde o dia 8 de Setembro de 2016, a Diocese de São Tomé e Príncipe, passou a contar com a presença dos missionários Capuchinhos vindos de Cabo Verde.