"Aumenta a nossa fé"

 

LEITURAS:

1ª: Hab 1,2-3; 2,2-4. Salmo 95/94,1-2.6-7.8-9 R/ Se hoje ouvirdes a voz do Senhor, não fecheis os vossos corações. 2ª: 2 Tm 1,6-8.13-14. Evº: Lc 17,5-10. III Semana do Saltério.

 

UMA IDEIA

Há impaciência no ar! O profeta Habacuc, perante o aparente silêncio de Deus, é porta-voz dum pedido de auxílio em favor do povo: «Até quando, Senhor, chamarei por Vós e não me ouvis? Até quando clamarei contra a violência e não me enviais a salvação?» (1ª). Os Apóstolos, abalados pelas exigências apresentadas por Jesus Cristo, suplicam-lhe: «Aumenta a nossa fé» (evangelho). Acolhamos as interpelações próprias deste Vigésimo Sétimo Domingo (Ano C): «Não fecheis os vossos corações» (salmo), escutai a palavra de Deus. Reanimemos o «dom de Deus» recebido no batismo. «Guarda a boa doutrina que nos foi confiada, com o auxílio do Espírito Santo, que habita em nós» (2ª). E aceitemos ser questionados sobre a qualidade da vivência da nossa fé: Somos servos dos irmãos? Somos fiéis no amor?

 

UM SENTIMENTO

«Aumenta a nossa fé» (evangelho), pedem os apóstolos. Querem ajuda. Sabem que a fé não é estática, que se possui uma vez e dura para sempre. A fé é um dom de Deus que precisamos de pedir. Sempre. Se não a cuidarmos, pode diluir-se pouco a pouco até ficar reduzida a um mero hábito sem importância. Resvala para uma indiferença, até ao ponto de deixar de contar com a presença de Deus. Que podemos fazer? Seguir o exemplo dos apóstolos, pedir: «Aumenta a nossa fé.» Deixemo-nos acompanhar por Jesus Cristo, mestre e companheiro. «A fé não só olha para Jesus, mas olha também a partir da perspetiva de Jesus e com os seus olhos: é uma participação no seu modo de ver» (LF 18).

Próximos Eventos

Mais lidos

  • Semana

  • Mês

  • Todos