Índice do artigo

A revista BÍBLICA teve início em Beja, a 25 de fevereiro de 1955. Em junho desse ano saiu o primeiro número levando como ante-título: revista de cultura e difusão. Com 32 páginas ilustradas a preto e branco, teve uma tiragem de 3000 exemplares.

Atualmente, tem 48 páginas e destina-se ao grande público, assegurando um primeiro contacto e descoberta da Bíblia e da sua mensagem, bem como a formação e informação permanente neste campo. Daí a preocupação com a linguagem, a escolha e tratamento dos temas.

Na fase inicial, os temas da revista Bíblica incidiram mais na propedêutica e na espiritualidade bíblica. Depois, entrou no campo monográfico, cobrindo os principais temas de Bíblia e teologia bíblica, incluindo os sacramentos, após a reforma do Vaticano II. A seguir à Revolução de 1974, até outubro de 1975, ajudou a fazer a leitura bíblica da vida e dos acontecimentos da história, à luz da História da Salvação.

A partir de 1975, cumprindo a deliberação do Capítulo Provincial dos Capuchinhos, que optou preferencialmente pelo Movimento Bíblico, procurou seguir «uma orientação mais didática, como órgão de apoio e como elemento dinamizador do Movimento Bíblico», com números monográficos.

Fiel ao seu lema, que figura no subtítulo, a revista Bíblica é onde a Bíblia se faz vida.

Próximos Eventos