No primeiro dia de julho, realizou-se um colóquio de preparação do ‘Congresso Internacional da Bíblia’. O evento teve lugar no Teatro-Cine de Gouveia e principiou poucos minutos antes das 14h30, tendo tomado a palavra na abertura José Eduardo Franco, Professor, Presidente da Comissão Organizadora, Gil Barreiros, Presidente da Assembleia Municipal, e Luís Tadeu, Presidente da Câmara Municipal de Gouveia.

Seguiu-se o lançamento, por Isabel Fonseca, e ritual de obliteração do selo dos CTT comemorativo dos 1600 anos do nascimento de São Jerónimo, lançamento de um bilhete postal com a imagem da igreja de Riba Mondego, que tem São Jerónimo por orago, e a inauguração da Exposição Filatélica ‘Bíblia Global: A Bíblia na Arte Postal dos Países do Mundo’, organizada pela Sociedade Bíblica a partir do trabalho do Coronel Mendes Jorge que ordenou mais de 1400 peças filatélicas.

Às 15h00, o cardeal Gianfranco Ravasi, presidente do Pontifício Conselho para a Cultura no Vaticano, falou sobre a ‘Bíblia, um código para compreender a cultural ocidental’ e, quase uma hora depois, D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, apresentou uma conferência sobre o tema ‘Portugal, um país bíblico?’, e afirmou que «há um antes e um depois do trabalho do Frei Herculano Alves[…] Ele afirma-se como um marco incontornável do estudo da Bíblia em Portugal».

Depois de algumas breves palavras do Frei Herculano Alves, a sua obra ‘A Bíblia em Portugal’, em seis volumes, foi apresentada por Luís Carlos Amaral, historiador e professor na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Eugénia Magalhães, diretora e investigadora no Instituto de Estudos Avançados em Catolicismo e Globalização, D. Manuel Felício, Bispo da Guarda, Carlos Fiolhais, diretor do Rómulo – Centro de Ciência Viva da Universidade de Coimbra, e José Eduardo Franco, da Cátedra de Estudos Globais da Universidade Aberta. A obra, no seu conjunto, cita 5.950 autores e 24.158 obras em 5.890 páginas.

Para além de muitos convidados e amigos do Frei Herculano, estiveram presentes vários Irmãos Capuchinhos: Frei Hermano Filipe, vigário-provincial dos Capuchinhos, Frei Luís Leitão, administrador da Difusora Bíblica, Frei Miguel Grilo, da Fraternidade do Amial, e os Freis Manuel Arantes e Manuel Rito da Fraternidade de Fátima, onde o Frei Herculano reside.

No dia 3 de julho realiza-se a gala de entrega de prémios do ‘Bíblia Moov’, às 15h00.

Saber mais

» Entrevista da Agência Ecclesia ao Frei Herculano (texto e fotos)

» Síntese da Intervenção de D. Manuel Clemente (texto)

» Gravação do Colóquio (vídeo)