Esta quinta feira, dia 30 de abril, os irmãos capuchinhos de Laleia tiveram a visita do Dr. José Ramos-Horta, prémio Nobel da Paz, e ex-presidente da República Democrática de Timor-Leste. Apesar de não ter sido a sua primeira visita, esta teve um sabor especial, uma vez que ofereceu à paróquia duas máquinas de costura e dois rolos de pano, a fim de os paroquianos poderem coser as suas próprias máscaras como forma de prevenção contra a Covid-19.

Os irmãos já haviam comprado, na semana anterior, duas outras máquinas de costura, com oferecidas pelo Grupo de Ação Missionária (GAM), de Lisboa, que angariaram 430€ num peditório realizado pela internet.

Este projecto nasceu por iniciativa dos Capuchinhos, com o intuito de se tornar um projecto de toda a comunidade paroquial. Assim, foram feitos encontros com as autoridades locais, bem como com vários fiéis da paróquia, a fim de levarmos por diante esta colaboração e pôrmos mãos à obra. E a obra nasceu…

Além das quatro novas máquinas de costura já referidas, bem como da máquina de costura que a paróquia já possuía, rapidamente vários fiéis se juntaram a esta iniciativa, disponibilizando as suas próprias máquinas para, juntos, podermos fazer e distribuir gratuitamente máscaras a toda a comunidade paroquial de Laleia.

Apesar de estarmos ainda numa fase inicial do projecto, começámos já a distribuir as máscaras feitas pelos paroquianos mais necessitados, bem como às autoridades civís (Centro de Saúde, Polícia, Sucos, Aldeias, Catequistas,…).

Agradecemos de coração a ajuda que várias pessoas têm dado, quer através da sua contribuição financeira, quer através do seu tempo e serviço.

Apesar de haver ainda muito a fazer e compreendermos que este é um projecto ambicioso, com a colaboração de todos será possível levá-lo a bom termo. Haja boa vontade, e tudo se faz… com a graça de Deus.