No passado dia 15 de setembro de 2019, a Ordem dos Frades Menores Capuchinhos assumiu o cuidado pastoral e administrativo da paróquia de São João de Foz do Sousa a pedido do Bispo do Porto, D. Manuel Linda. Assim sendo, o Ministro Provincial elegeu para tal serviço o Frei Júlio Cunha Ramos, com o apoio e ajuda fraterna do Frei Francisco Neto, que se encontra a realizar o seu Ano Pastoral.

Pouco mais de três meses depois já muito trabalho foi feito na tentativa de “organizar a casa”, ou seja, procurarmos organizar toda a paróquia a nível administrativo e pastoral. A paróquia é formada pela Igreja Matriz e por seis capelanias: Capela de Compostela; Capela de Jancido; Capela de Gens; Capela de Zebreiros; Capela de Ferreirinha e Capela de Esposade. Uma paróquia muito dispersa geograficamente, mas com um povo entusiasmado e envolvido em atividades que tenham haver com a vivência da fé. São muito acolhedores demonstrando isso na forma como nos acolheram com muito amor, amizade e sempre disponíveis para nos ajudar.

A paróquia também possui uma dimensão social com o Centro Social Paroquial de São João da Foz do Sousa, resultante do esforço de muitos paroquianos e do Padre Álvaro, ex-pároco. Atualmente, o Centro Social conta com Centro de Dia, Residência para Idosos e Creche.

Portanto, a primeira a atividade comunitária que divulgamos é a Caminhada de Advento e as dinâmicas adotadas para salientar este tempo litúrgico. Eis algumas dinâmicas adotadas: a nível de música, os coordenadores e responsáveis de cada coro das capelas e os coros da igreja matriz adotaram três momentos da missa (entrada; acender a vela e comunhão) serem cantados os mesmos cânticos em todas as capelas e na igreja; outra dinâmica foi a construção do presépio ao longo do tempo do advento, isto é, foram colocando as imagens e o construindo aos poucos e por último, o Frei Júlio desafiou as crianças da catequese, pais, catequistas e toda a comunidade paroquial a trazerem no último domingo do advento um género alimentar para aconchegar e trazer um pouco mais de alegria aos mais carenciados de cada lugar da paróquia.

Deixamos algumas imagens no topo para melhor ilustrar. Mais atividades procuraremos divulgar ao longo do ano pastoral.