Um ponto de referência espiritual e um local que pela sua beleza atrai muitos visitantes todos os anos. Trata-se do Convento Monterosso al Mare, pertencente aos Frades Menores Capuchinhos da Província de Génova, que ao lado de “Cinque Terre”, faz parte do Património Mundial da UNESCO.

Fechado devido ao coronavírus, o Convento, no entanto, permanece aberto ao mundo. A comunidade dos frades decidiu, de facto, permanecer em contato com quem o desejar, via web, permitindo apreciar a beleza das obras-primas preservadas no interior da estrutura religiosa, classificada pela primeira vez em 2014 entre os "Lugares do coração Fai".

De particular beleza, a igreja do século XVII, no estilo capuchinho: no interior, o altar e o coro em madeira ou a "Crucifixão" atribuída ao pintor Van Dyck e o "São Jerónimo Penitente" de Luca Cambiaso.

Mas Monterosso também é conhecido pela sua natureza e história. Para mergulhar neste oásis vivo de fé, devoção e cultura, os frades organizam para sábado, 25 de abril, às 16h00, horário local, uma visita guiada virtual.

Será a oportunidade para encontrar on-line um religioso capuchinho, e, por meio dele, conhecer a rara beleza e a história secular de um lugar com um fascínio único. Para participar, basta uma conexão à Internet e um PC ou telemóvel.

Também está prevista uma visita para crianças com um workshop gratuito oferecido a participantes dos 6 aos 11 anos. O encontro, neste caso, é para a sexta-feira, 1 de maio, às 16h00.

Os pequenos visitantes digitais poderão conhecer a vida de um convento e aprender os segredos das ervas aromáticas ou atividades relacionadas com a reutilização e reciclagem de materiais simples.

A comunidade capuchinha também pensou em atividades de ensino à distância destinadas a grupos escolares.

Saiba mais em https://www.conventomonterosso.it/

Próximos Eventos

Em Destaque