“Cheio do Espírito Santo”

 

LEITURAS:

1ª: Dt 26,4-10 Salmo 91/90,1-2.10-15. R/ Estai comigo, Senhor, no meio da adversidade. 2ª: Rm 10,8-13. Evº: Lc 4,1-13. I Semana do Saltério

 

UMA IDEIA

A Quaresma, no primeiro domingo, apresenta as escolhas necessárias para seguir no caminho até Deus, mas também fala da fidelidade e da bondade divinas. A prova está na profissão de fé de Moisés diante do povo: «O Senhor ouviu a nossa voz» (1ª). E também na confiança do salmista: «Nenhum mal te acontecerá, nem a desgraça se aproximará da tua tenda» (salmo). Paulo insiste no fator decisivo da fé para a salvação, deixando a cada pessoa a liberdade da escolha: «todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo» (2ª). Mas é Jesus Cristo que, no deserto, mostra como resistir às tentações, graças à palavra de Deus, e como escolher o caminho da vida. «Então o Diabo, tendo terminado toda a espécie de tentação, retirou-se da presença de Jesus, até certo tempo» (evangelho).

 

UM SENTIMENTO

A ‘entrada’ na Quaresma não pode ser triste nem sombria. Entremos como Jesus: «cheio do Espírito Santo» (evangelho). E deixemos que o mesmo Espírito nos conduza até à ressurreição, até à Luz pascal. Acreditando numa saída feliz, isso não significa que o caminho seja sempre divertido e fácil. Não. O Espírito conduz à profundidade para nos ajudar a seguir pelo caminho da vida. Sem dúvida, ficaremos tristes ao descobrir a realidade mais sombria da nossa história. Mas a última palavra será do amor vitorioso sobre todas as nossas negações. Então, comecemos já a viver da ressurreição. Que esta Quaresma me prepare para a alegria e a festa do encontro com Jesus Cristo Ressuscitado!

Agenda

Últimas notícias

Mais lidos

  • Semana

  • Mês

  • Todos