“O Senhor é o único Deus”

 

LEITURAS:

1ª: Dt 4,32-34.39-40. Salmo 33/32, 4-5.6.9. 18.19.20.22. R/ Feliz o povo que o Senhor escolheu para sua herança. 2ª: Rm 8, 14-17. Evº: Mt 28,16-20. IV Semana do Saltério.

 

UMA IDEIA

Quem é Deus? A Liturgia da Palavra não nos responde diretamente… Com uma paciente pedagogia, toma-nos pela mão e ajuda-nos a fazer memória da revelação de Deus: criou o ser humano, escolheu um povo (1.ª), «é o nosso amparo e protetor» (salmo). Entretanto, em Jesus Cristo, revela-se como nosso Pai (2.ª): faz de nós seus filhos, seus herdeiros com Jesus Cristo; pelo Espírito Santo, faz-nos participantes da sua vida. Eis a Boa Nova que somos chamados a anunciar «até ao fim dos tempos» (evangelho), na certeza de que, em seu Filho ressuscitado e pelo Espírito que nos une, Deus está sempre connosco.

 

UM SENTIMENTO

Quem é Deus, para mim? Que imagem tenho de Deus? A relação pessoal com Deus depende muito da resposta dada a estas questões. Os textos bíblicos apresentam-nos um Deus que é salvador, que perdoa, que é rico em misericórdia, que é próximo, que ama com amor imenso, a ponto de nos dar o seu próprio Filho, o Emanuel, o Deus connosco. Acreditamos nisto, embora não o saibamos explicar melhor ou entender totalmente? Temos consciência de que somos filhos de Deus e que o podemos invocar como Pai, tal como o fazemos na oração do «Pai-nosso»? Se temos verdadeira consciência disto, o nosso rosto tem de transbordar de alegria – a alegria do Evangelho, a alegria da fé, a alegria de ser amado por Deus, um Deus que é comunhão: Pai, Filho, Espírito Santo.

 

UMA IMAGEM

Cartaz com o Credo: CREIO EM UM SÓ DEUS PAI, FILHO, ESPÍRITO SANTO.

Últimas notícias

Mais lidos

  • Semana

  • Mês

  • Todos