Gravação de um candelabro de 9 braços, com 2.000 anos, foi encontrada numa povoação judaica na região de Bersheba, no sul de Israel.

Entre outros artefactos, este achado é o resultado das escavações numa povoação judaica da época do Segundo Templo (há 2 mil anos) e onde já se encontraram uma torre, várias passagens subterrâneas, e outros artefactos, de que se destaca esta intrigante representação do candelabro de 9 braços – talvez a mais antiga de sempre – num pedaço de uma lamparina de barro.

Segundo o Dr. Daniel Varga, arqueólogo do Instituto das Antiguidades de Israel, «esta é, provavelmente, uma das mais antigas representações artísticas da menorá (candelabro) de 9 braços, já descobertas».

 

Publicado na Revista BÍBLICA nº 383 (julho-agosto 2019), p. 45

Agenda

Últimas notícias

Mais lidos

  • Semana

  • Mês

  • Todos