No passado dia 13 de junho, celebrou-se um pouco por todo o mundo cristão a festa de Santo António mas, em Barcelos, na comunidade cristã confiada ao cuidado pastoral dos Capuchinhos, as festas em sua honra começaram logo no dia 9, às 21h30, com as Marchas Populares. A chuva miudinha não conseguiu estragar a festa preparada com muita dedicação e alegria pelas Majoretes de Carapeços, a Catequese de Santo António, A Escola de Dança de Barcelos, a APACI, a IAESM e os Escuteiros e Galegos e Lamações/Alvelos.

No dia 10, domingo, pelas 15 horas, houve um Espetáculo no Pavilhão Municipal, no Parque da Cidade de Barcelos, com a Escola de Dança de Barcelos, o Grupo de Zumba da prof. Luciana Silva, a Academia João Capela e o Clube Cávado de Patinagem Artística. Às 18 horas houve a atuação do Grupo Musical OPSOM animações (Ângela Ferreira da Rádio Cávado) e ao longo de toda a tarde um arraial minhoto com sardinhas e fêveras assadas na brasa e caldo verde.

No dia seguinte, dia 11, às 21h30, houve a apresentação do livro "Ó meu rico Santo António" de José Viale Moutinho, no salão pastoral da Igreja de Santo António, e que contou com a presença do Doutor Victor Pinho, Bibliotecário da Biblioteca Municipal de Barcelos.

No dia 12, terça-feira, houve sardinhada no Parque da Cidade ao final da tarde, com animação da "Associação Cultural Motocavaquinhos".

No grande dia 13, às 8 horas, houve a Eucaristia com a bênção e distribuição do pão de Santo António e às 21h30 uma Eucaristia solene, presidida por Dom Carlos Filipe Ximenes Belo, bispo emérito de Díli e Nobel da Paz.

Cinco dias de muita festa mas também de muita fé na intercessão de Santo António, um dos mais queridos e populares santos entre o povo de Deus.

Agenda

Mais lidos

  • Semana

  • Mês

  • Todos