Recentemente, entre os dias 8 a 12 Julho decorreu pela primeira vez na história da Ordem dos Franciscanos Capuchinhos, uma Convocação Europeia de Pós-Noviços e Estudantes Capuchinhos, no Colégio Internacional de São Lourenço de Brindes. E Portugal fez-se representar por cinco irmãos: o Frei José Maria (formador do Pós-Noviciado), o Frei Tomé de Deus, o Frei Márcio Rodrigues e o Frei Francisco Neto (em representação dos irmãos pós-noviços) e o Frei John Naheten em representação dos Irmãos Perpétuos.

No primeiro dia, 8 de Julho, às 16 horas, foi o acolhimento dos Irmãos, seguindo-se a Oração de Vésperas, às 19h30m. No fim do dia, o Jantar foi às 20 horas, no recinto exterior do Colégio seguido de uma pequena visualização de um vídeo sobre a história da fundação do Colégio e de momentos de lazer em fraternidade.

No segundo dia, 9 de Julho, iniciou às 07h30m com oração de Laudes. Às 9 horas, o Ministro Geral falou-nos sobre a situação actual da Europa a nível da Formação, seguindo-se trabalhos em grupo com o intuito da segunda parte da manhã questionar o Ministro Geral. Na parte da tarde seguiram-se duas conferências, na primeira debateu-se sobre o documento da Ratio Formationis, com o Frei Charles Alphones e o Frei Jaime Ray. Eles salientaram três aspectos fundamentais: primeiro, o objectivo da formação (três dinâmicas: liberdade; afectividade e justiça); segundo, a metodologia formativa em geral (três aspectos: participação; uma realidade concreta e testemunho forte e carismático) e terceiro, a estrutura e conteúdo (três aspectos: Francisco, o nosso irmão; dimensão formativa e as etapas formativas e perspectiva franciscana capuchinha). Na segunda conferência da tarde, debateu-se sobre o Projecto Europa, com Frei Ivan Scicluna, o Frei Wojtek Gtowacki e o Frei Pio Murat. Questionou e interpelou o auditório para a realidade europeia actual sobre as fraternidades e a possibilidade de traçarmos novos projectos face às circunstâncias actuais e o intuito de reviver o nosso carisma na Europa.

No terceiro dia, 10 de Julho, o dia iniciou-se às 6h30m com uma visita Assis. Na qual tivemos a ocasião de passamos por lugares que fazem parte da nossa identidade. De manhã tivemos a Celebração da Missa no Santuário de Santa Maria Maggiore presidida pelo Vigário Geral da Ordem, Frei Stefano Kozuh. Na parte da tarde com uma visita à Porciúncula e ao final da tarde, uma passagem por Santa Maria dos Anjos.

No quarto dia, 11 de Julho, iniciou-se com a oração de Laudes, às 07h30m, seguindo-se duas conferências sobre a temática de testemunhos franciscanos. Na primeira conferência tivemos o Secretario Geral para a Evangelização, Frei Hugo Mejia Morales e com o Frei Pawel Szymala, missionário na Turquia. Eles nos fizeram um apanhado da realidade das missões nos quatro continentes em que temos presença. Na segunda conferência tivemos o testemunho do Frei Carmelo Saia, capuchinho que trabalha no cárcere de Palermo. Da parte da tarde, tivemos uma visita por Roma no conhecimento de Basílicas e lugares importantes da nossa identidade cristã.

No quinto e último dia, 12 de Julho, o dia iniciou-se às 8 horas com a oração de Laudes, seguindo-se trabalhos de grupos, com o intuito de apresentar propostas ao Ministro Geral, no sentido dele debater com o Conselho Formativo e com vista a um próximo encontro europeu. O Encontro terminou com a celebração da Santa Missa presidida pelo Ministro Geral, Frei Mauro Johri.

De facto, foi um encontro europeu marcado pela fraternidade, pela abertura às diversas realidades formativas nos diversos países europeus e pela troca de conhecimentos e de ideias entre os diversos irmãos. Um encontro muito positivo, com o desejo que se venha a realizar um segundo a nível europeu.

Para ver mais fotos e vídeos carregue no link seguinte: https://mega.nz/#F!si5HHIZT!-ELetSUrZZdh7594014ing

Agenda

Mais lidos