Sl 57

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

57 (56) PRECE CONTRA OS PERSEGUIDORES

Salmo individual de súplica. Junta, progressivamente, uma lamentação e uma acção de graças. A oração está ambientada no templo, onde o salmista espera que a sentença de Deus lhe dê razão.


1Ao director do coro. Segundo «Não destruas».
Elegia. De David, quando se escondeu de Saul na caverna.
2Tem compaixão de mim, ó Deus, tem compaixão,
porque em ti me refugio
e me abrigo à sombra das tuas asas,
até que passe o perigo.
3Clamo ao Deus Altíssimo,
ao Deus que faz tudo por mim.
4Que Ele me envie do céu a sua ajuda
e me salve dos que procuram destruir-me;
que Ele envie do céu o seu amor e fidelidade.
5Encontro-me rodeado de leões,
dispostos a devorar os seres humanos;
os seus dentes são como lanças e flechas,
e a sua língua, como uma espada afiada.
6Ó Deus, revela nas alturas a tua grandeza,
e, sobre toda a terra, a tua glória.
7Armaram um laço para os meus pés
para me fazerem cair;
cavaram um fosso diante de mim,
mas foram eles que lá caíram.
8O meu coração está firme, ó Deus,
o meu coração está firme;
quero cantar e salmodiar.
9Ó minha alma, desperta! Despertai, harpa e cítara!
Quero despertar a aurora!
10Hei-de louvar-te, Senhor, entre os povos,
hei-de cantar-te salmos entre as nações;
11pois o teu amor é tão grande que chega ao céu
e a tua fidelidade chega até às nuvens.
12Ó Deus, revela nas alturas a tua grandeza,
e, sobre toda a terra, a tua glória.



Salmos

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150