Sl 36

Da Biblia Online

36 (35) A JUSTIÇA E A GRAÇA

Salmo individual de súplica. Compõe-se de uma parte sapiencial (1-5), onde se medita sobre a maneira como a maldade domina o homem mau e se instala no seu coração, e uma outra (6-12) em que o salmista exprime a sua fé em Deus como forma de vencer o mal.


1Ao director do coro. Do servo do SENHOR. De David.
2O ímpio tem a lei do pecado no coração.
Para ele não há temor de Deus.
3Ilude-se a si próprio,
para não descobrir nem odiar o seu pecado.
4As palavras da sua boca são falsas e mentirosas,
deixou de ser honesto e de fazer o bem.
5No seu leito maquina a iniquidade;
anda pelo mau caminho
e não quer renunciar ao mal.
6Mas a tua bondade, SENHOR, chega até aos céus,
e a tua fidelidade, até às nuvens.
7A tua justiça é como os montes altíssimos,
os teus juízos são como o abismo profundo.
Tu, SENHOR, salvas os homens e os animais.
8Ó Deus, que maravilhosa é a tua bondade!
Os humanos refugiam-se debaixo das tuas asas.
9Podem saciar-se da abundância da tua casa;
Tu os inebrias no rio das tuas delícias.
10Em ti está a fonte da vida
e é na tua luz que vemos a luz.
11Concede os teus favores aos que te amam
e a tua justiça aos que são rectos de coração.
12Não permitas que me pisem os pés dos orgulhosos
nem me afugente a mão do ímpio.
13Eis como caem por terra os malfeitores,
abatidos, para não mais se levantarem.



Salmos

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150

Ferramentas pessoais