Sl 142

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

142 (141) ORAÇÃO DE UM JUSTO PERSEGUIDO

Salmo individual de súplica. Como acontece frequentemente, não se podem descrever os motivos da atitude do justo suplicante. Este foi, pelo menos, perseguido (v.7) e encarcerado (v.8); mas isso pode ser entendido com vários matizes de problemas.


1Poema. De David, quando estava na caverna. Oração.
2Em alta voz eu clamo ao SENHOR,
em alta voz suplico ao SENHOR.
3Exponho diante dele as minhas queixas,
dou-lhe a conhecer a minha angústia.
4Quando me falta o ânimo,
Tu conheces o meu caminho.
Mas, no caminho que eu trilhava,
esconderam uma armadilha contra mim.
5Olha à minha volta e vê:
não há quem se interesse por mim.
Não tenho onde me refugiar,
não há quem cuide de mim!
6Clamo por ti, SENHOR, e digo:
«Tu és o meu refúgio,
a minha herança na terra dos vivos!»
7Presta atenção aos meus lamentos,
porque estou sem forças;
livra-me dos meus perseguidores,
que são mais fortes do que eu.
8Tira-me desta prisão e darei graças ao teu nome.
Os justos hão-de rodear-me,
porque foste bondoso para comigo.



Salmos

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150