Sl 139

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

139 (138) O DEUS OMNIPOTENTE

Este salmo contém em si a experiência dolorosa e os pedidos que normalmente integram os salmos de súplica. No entanto, desenvolve-se com as características de uma meditação sapiencial sobre o papel de Deus na condução da vida humana e sobre os profundos e insondáveis caminhos por onde Ele a conduz. A atitude sugerida é a de uma entrega total a essa sabedoria.


1Ao director do coro. Salmo de David.
SENHOR, Tu examinaste-me e conheces-me,
2sabes quando me sento e quando me levanto;
à distância conheces os meus pensamentos.
3Vês-me quando caminho e quando descanso;
estás atento a todos os meus passos.
4Ainda a palavra me não chegou à boca,
já Tu, SENHOR, a conheces perfeitamente.
5Tu me envolves por todo o lado
e sobre mim colocas a tua mão.
6É uma sabedoria profunda, que não posso compreender;
tão sublime, que a não posso atingir!
7Onde é que eu poderia ocultar-me do teu espírito?
Para onde poderia fugir da tua presença?
8Se subir aos céus, Tu lá estás;
se descer ao mundo dos mortos, ali te encontras.
9Se voar nas asas da aurora
ou for morar nos confins do mar
10mesmo aí a tua mão há-de guiar-me
e a tua direita me sustentará.
11Se disser: «Talvez as trevas me possam esconder,
ou a luz se transforme em noite à minha volta»,
12nem as trevas me ocultariam de ti
e a noite seria, para ti, brilhante como o dia.
A luz e as trevas seriam a mesma coisa!
13Tu modelaste as entranhas do meu ser
e formaste-me no seio de minha mãe.
14Dou-te graças por tão espantosas maravilhas;
admiráveis são as tuas obras.
15Quando os meus ossos estavam a ser formados,
e eu, em segredo, me desenvolvia,
tecido nas profundezas da terra,
nada disso te era oculto.
16Os teus olhos viram-me em embrião.
Tudo isso estava escrito no teu livro.
Todos os meus dias estavam modelados,
ainda antes que um só deles existisse.
17Como são insondáveis, ó Deus, os teus pensamentos!
Como é incalculável o seu número!
18Se os quisesse contar, seriam mais do que a areia;
e, se pudesse chegar ao fim, estaria ainda contigo.
19Ó Deus, faz com que os ímpios desapareçam;
afasta de mim os homens sanguinários.
20Aqueles que maldosamente se revoltam,
em vão se levantam contra ti.
21Não hei-de eu, SENHOR, odiar os que te odeiam?
Não hei-de aborrecer os que se voltam contra ti?
22Odeio-os com toda a minha alma.
Considero-os como meus inimigos.
23Examina-me, SENHOR, e vê o meu coração;
põe-me à prova para saber os meus pensamentos.
24Vê se é errado o meu caminho
e guia-me pelo caminho eterno.



Salmos

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150