Sl 119

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

119 (118) ELOGIO DA LEI

Meditação de género sapiencial. Este é o mais longo de todos os salmos e aquele que obedece a um esquema literário mais rigoroso. Está distribuído em estrofes com oito versos cada uma e todos os versos da mesma estrofe começam pela mesma letra do alfabeto hebraico (ver Sl 9). O tema é o louvor da lei divina, abarcando toda a revelação de Deus, o que há de mais sagrado e louvável no povo judaico. A lei não é apenas um código de regras, mas a manifestação do amor de Deus junto do seu povo. Esta meditação sobre a lei pode ter sido composta antes do Exílio, com algum eco ao pensamento do Deuteronómio. Outros salmos desenvolvem reflexões semelhantes à deste, nomeadamente: 18; 25; 33; 78; 89; 93; 94; 99; 103; 105; 111; 112; 147; 148.


Alef
1Felizes os que seguem o caminho da rectidão
e vivem segundo a lei do SENHOR.
2Felizes os que cumprem os seus preceitos
e o procuram com todo o coração,
3que não praticam o mal,
mas andam nos caminhos do SENHOR.
4Promulgaste os teus preceitos
para se cumprirem fielmente.
5Oxalá os meus passos sejam firmes
no cumprimento dos teus decretos.
6Então não terei de que me envergonhar,
se observar os teus mandamentos.
7Poderei louvar-te de coração sincero,
instruído pelos teus justos juízos.
8Hei-de cumprir as tuas leis;
não me abandones mais!


Bet
9Como poderá um jovem manter puro o seu caminho?
Só guardando as tuas palavras.
10Eu procuro-te com todo o coração;
não deixes que me afaste dos teus mandamentos.
11Guardo no meu coração as tuas promessas,
para não pecar contra ti.
12Bendito sejas, SENHOR!
Ensina-me as tuas leis.
13Anuncio com os meus lábios
todos os decretos da tua boca.
14Alegro-me mais em seguir as tuas ordens,
do que em possuir qualquer riqueza.
15Meditarei nos teus preceitos
e prestarei atenção aos teus caminhos.
16Hei-de alegrar-me com as tuas leis;
não esquecerei as tuas palavras.


Guimel
17Concede ao teu servo uma longa vida
e eu cumprirei as tuas palavras.
18Abre os meus olhos
para que eu veja as maravilhas da tua lei.
19Sou um peregrino nesta terra;
não me escondas os teus mandamentos.
20A minha alma suspira sem cessar,
desejando conhecer os teus juízos.
21Tu repreendes os soberbos;
amaldiçoas os que se afastam dos teus mandamentos.
22Livra-me dos seus insultos e desprezos,
porque tenho cumprido os teus preceitos.
23Ainda que os grandes conspirem contra mim,
o teu servo meditará nas tuas leis.
24Os teus preceitos são as minhas delícias;
são eles os meus conselheiros.


Dalet
25A minha alma está prostrada por terra;
dá-me vida segundo a tua palavra.
26Expus-te os meus caminhos e Tu me respondeste;
ensina-me as tuas leis.
27Faz-me compreender o caminho dos teus preceitos
para meditar nas tuas maravilhas.
28A minha alma chora de tristeza;
reconforta-me, segundo a tua palavra.
29Afasta-me dos caminhos da mentira;
concede-me a graça da tua lei.
30Escolhi o caminho da verdade
e preferi as tuas sentenças.
31Abraço as tuas ordens;
não permitas, SENHOR, que seja confundido.
32Correrei pelo caminho dos teus mandamentos,
porque deste largas ao meu coração.


He
33Ensina-me, SENHOR, o caminho das tuas leis
e eu hei-de cumpri-las com fidelidade.
34Dá-me entendimento para cumprir a tua lei;
hei-de obedecer-lhe de todo o coração.
35Conduz-me pela senda dos teus mandamentos,
porque neles estão as minhas delícias.
36Inclina o meu coração para as tuas ordens,
e não para a cobiça.
37Desvia os meus olhos dos deuses vãos;
faz-me viver nos teus caminhos.
38Confirma ao teu servo a tua promessa
destinada aos que te obedecem.
39Afasta de mim a afronta, que eu temo,
pois são agradáveis os teus decretos.
40Vê como tenho desejado os teus preceitos;
faz-me viver segundo a tua justiça.


Vau
41Desça sobre mim, SENHOR, a tua bondade;
salva-me, segundo a tua promessa!
42Darei, então, resposta aos que me insultam,
porque confio na tua palavra.
43Não me tires da boca a palavra da verdade,
porque pus a minha esperança nas tuas sentenças.
44Assim, cumprirei continuamente a tua lei,
para todo o sempre.
45Andarei seguro no meu caminho,
porque busquei as tuas instruções.
46Diante dos reis falarei dos teus preceitos
e ninguém me há-de envergonhar.
47Deleito-me nos teus mandamentos,
que muito amo.
48Levanto as mãos para os teus mandamentos
e meditarei nas tuas leis.


Zain
49Lembra-te da palavra que deste ao teu servo,
pois nela me fizeste colocar a minha esperança.
50É esta a consolação na minha angústia:
que a tua palavra me dê vida!
51Os soberbos zombaram de mim,
mas não me afastei da tua lei.
52Recordo-me dos teus decretos de outrora;
neles encontro consolação, ó SENHOR.
53Fico indignado à vista dos ímpios,
que rejeitam a tua lei.
54Os teus preceitos são o motivo dos meus cânticos
na terra do meu peregrinar.
55Durante a noite lembro-me do teu nome, SENHOR,
e penso muito na tua lei.
56Só isto conta para mim:
obedecer às tuas instruções!


Het
57SENHOR, eu disse: «A herança que me toca
é pôr em prática as tuas ordens.»
58De todo o coração imploro:
tem piedade de mim, segundo a tua promessa!
59Reflecti sobre os meus caminhos
e voltei a obedecer aos teus preceitos.
60Apressei-me e não demorei
em cumprir os teus mandamentos.
61Cercaram-me os laços dos ímpios,
mas não me esqueci da tua lei.
62A meio da noite levanto-me para te louvar,
por causa das tuas justas sentenças.
63Sou amigo de todos os que te obedecem
e cumprem as tuas ordens.
64SENHOR, a terra está cheia da tua bondade;
ensina-me as tuas leis.


Tet
65Trataste com bondade o teu servo,
segundo a tua palavra, SENHOR.
66Dá-me sabedoria e conhecimento,
pois confio nos teus mandamentos.
67Antes de me teres humilhado, eu pecava;
mas, agora, cumpro a tua palavra.
68Tu és bom e generoso;
ensina-me as tuas leis.
69Os soberbos forjam mentiras contra mim,
mas eu cumpro as tuas instruções de todo o coração.
70O seu coração tornou-se insensível,
mas eu deleito-me na tua lei.
71Foi bom para mim ter sido castigado,
pois assim aprendi os teus decretos.
72Prezo mais a lei da tua boca
do que milhões em ouro e prata.


Yod
73As tuas mãos me criaram e formaram;
dá-me inteligência para aprender os teus mandamentos.
74Ao verem-me, os teus fiéis hão-de alegrar-se,
porque assentei a minha esperança na tua palavra.
75SENHOR, eu sei que as tuas sentenças são justas
e que me castigaste para meu proveito.
76Que a tua bondade me sirva de conforto,
conforme o que prometeste ao teu servo.
77Mostra-me a tua misericórdia e viverei,
porque a tua lei faz as minhas delícias.
78Sejam confundidos os insolentes,
que injustamente me torturam,
a mim que medito nos teus preceitos.
79Unam-se a mim os que te obedecem
e conheçam os teus preceitos.
80Que o meu coração obedeça às tuas leis,
para não ter de que me envergonhar.


Caf
81A minha alma espera na tua salvação:
confio na tua palavra.
82Os meus olhos suspiram pelo cumprimento da tua promessa:
«Quando virás consolar-me?»
83Estou como um odre exposto ao fumo,
mas não me esqueci dos teus preceitos.
84Quantos dias restarão ao teu servo?
Quando condenarás os que me perseguem?
85Os orgulhosos, que não obedecem à tua lei,
abriram covas para mim.
86Todos os teus mandamentos são verdadeiros;
ajuda-me contra os que me perseguem à traição.
87Por pouco não me eliminaram desta terra,
mas nunca reneguei os teus preceitos.
88Dá-me a vida, segundo a tua bondade,
e cumprirei as ordens da tua boca.


Lamed
89SENHOR, a tua palavra permanece para sempre,
mais estável do que os céus.
90A tua fidelidade atravessa as gerações;
formaste a terra e ela continua firme.
91Pelos teus decretos, tudo se mantém até hoje,
porque tudo está ao teu serviço.
92Se a tua lei não fizesse as minhas delícias,
já teria sucumbido na minha aflição.
93Jamais esquecerei os teus preceitos,
pois é por eles que me dás a vida.
94Eu sou teu: salva-me,
pois sempre tenho seguido os teus preceitos!
95Os ímpios procuram a minha perdição,
mas eu estou atento às tuas ordens.
96Descubro limites em tudo o que parece perfeito,
mas os teus mandamentos são infinitos.


Mem
97Quanto amo, SENHOR, a tua lei!
Nela medito todos os dias.
98Fizeste-me mais sábio do que os meus inimigos,
porque os teus mandamentos estão sempre comigo.
99Tornei-me mais sábio do que todos os mestres,
porque medito sempre nos teus preceitos.
100Entendo mais do que os anciãos,
porque cumpro as tuas instruções.
101Desviei os meus pés de todo o mau caminho
para obedecer às tuas palavras.
102Não me tenho desviado das tuas sentenças,
pois és Tu quem me ensina.
103Como são doces, ao meu paladar, as tuas palavras!
Mais doces do que o mel para a minha boca.
104Dos teus preceitos recebi entendimento;
por isso detesto os caminhos da mentira.


Nun
105A tua palavra é farol para os meus passos
e luz para os meus caminhos.
106Jurei e vou cumprir:
hei-de guardar os teus justos decretos.
107SENHOR, sinto-me angustiado;
dá-me a vida, segundo a tua promessa.
108SENHOR, aceita os louvores da minha boca
e dá-me a conhecer os teus decretos.
109A minha vida está continuamente em perigo,
mas não me esqueço da tua lei.
110Os pecadores armaram-me ciladas,
mas nunca me afastei dos teus preceitos.
111As tuas ordens são a minha herança para sempre,
porque elas alegram o meu coração.
112O meu coração decidiu cumprir as tuas leis;
seja essa para sempre a minha recompensa.


Samec
113Odeio a hipocrisia,
mas tenho afeição à tua lei.
114Tu és o meu amparo e a minha protecção;
na tua palavra pus a minha esperança.
115Afastai-vos de mim, pecadores,
pois quero cumprir os mandamentos do meu Deus.
116Ampara-me, segundo a tua promessa, e viverei;
não desiludas a minha esperança.
117Ajuda-me e estarei salvo;
assim observarei sempre os teus decretos.
118Repudias todos os que se afastam das tuas leis,
porque os seus pensamentos são enganadores.
119Consideras como escória os malvados da terra;
por isso, amo os teus preceitos.
120O meu corpo estremece de temor na tua presença,
e os teus decretos inspiram-me respeito.


Ain
121Tenho praticado o que é recto e justo;
não me abandones ao poder dos meus inimigos.
122Defende o bem do teu servo,
para que não me oprimam os arrogantes.
123Os meus olhos consomem-se à espera da tua ajuda
e do prometido pela tua justiça.
124Trata o teu servo segundo o teu amor,
e ensina-lhe as tuas leis.
125Sou teu servo: dá-me entendimento
para eu conhecer os teus preceitos.
126É tempo de agires, SENHOR;
eles desprezaram a tua lei.
127Por isso amo os teus mandamentos,
muito mais que o ouro fino.
128Por isso sigo os teus preceitos
e tenho horror aos caminhos da mentira.


Phe
129Os teus preceitos são admiráveis;
por isso a minha alma os observa.
130O conhecimento dos teus ensinamentos ilumina
e dá inteligência aos simples.
131Abro, com avidez, a minha boca,
porque tenho fome dos teus mandamentos.
132Olha para mim, tem piedade de mim,
como costumas fazer com os que amam o teu nome.
133Dá firmeza aos meus passos, segundo a tua promessa;
não permitas que me domine qualquer maldade.
134Livra-me da opressão dos homens,
para eu cumprir os teus preceitos.
135Que a tua presença ilumine o teu servo;
ensina-me as tuas leis.
136Dos meus olhos correm rios de água,
porque a tua lei já não é cumprida.


Sadé
137SENHOR, Tu és justo
e as tuas sentenças são rectas.
138Deste-nos os teus preceitos com justiça
e exigiste de nós total fidelidade.
139O meu zelo me consome,
ao ver que os meus inimigos desprezam as tuas palavras.
140As tuas promessas já foram provadas;
por isso o teu servo as prefere.
141Sou humilde e desprezível,
mas não me esqueço dos teus preceitos.
142A tua justiça é eterna,
e a tua lei, verdadeira.
143Estou cheio de angústia e tribulação,
mas encontro alívio nos teus mandamentos.
144As tuas prescrições são sempre justas;
ajuda-me a conhecê-las, e viverei.


Qof
145SENHOR, eu te invoco de todo o coração;
ouve-me, pois quero cumprir os teus decretos.
146Por ti clamo; salva-me
e cumprirei os teus preceitos.
147De manhã cedo imploro o teu auxílio
e espero na tua palavra.
148Meus olhos antecipam-se às vigílias da noite
para meditar na tua promessa.
149Ouve, SENHOR, a minha voz, pelo teu amor;
dá-me vida, conforme prometeste.
150Aproximam-se os que correm atrás da iniquidade
e se afastam da tua lei.
151Mas também Tu, SENHOR, estás perto;
todos os teus mandamentos são verdadeiros.
152Desde muito novo conheço os teus preceitos;
Tu os estabeleceste para sempre.


Resh
153Vê as minhas aflições e livra-me,
pois não me esqueci da tua lei.
154Defende a minha causa e salva-me;
dá-me vida, segundo a tua promessa.
155A salvação está longe dos ímpios,
porque não observam os teus decretos.
156Grande é a tua bondade, SENHOR;
dá-me vida, segundo as tuas promessas.
157Muitos são os meus inimigos e opressores,
mas eu não me afasto dos teus preceitos.
158Ao ver os transgressores, fico desgostoso
porque não guardam a tua palavra.
159Vê como amo os teus decretos;
dá-me vida, pela tua bondade, SENHOR.
160A essência da tua palavra é a verdade;
os teus decretos são justos e eternos.


Shin
161Os poderosos perseguem-me sem razão,
mas o meu coração só teme a tua palavra.
162Sinto-me feliz com a tua promessa,
como quem encontra um grande tesouro.
163Odeio e detesto a mentira,
mas amo a tua lei.
164Sete vezes por dia te louvo,
por causa dos teus justos decretos.
165Os que amam a tua lei gozam de grande paz;
não há nada que os perturbe.
166SENHOR, espero na tua ajuda
e cumpro os teus mandamentos.
167A minha alma observa os teus preceitos
e ama-os profundamente.
168Observo os teus preceitos e as tuas leis,
pois Tu conheces todos os meus caminhos.


Tau
169SENHOR, chegue à tua presença o meu clamor;
ensina-me, segundo a tua palavra.
170Suba à tua presença a minha súplica;
livra-me, conforme a tua promessa.
171Os meus lábios anunciam os teus louvores,
porque me ensinas os teus preceitos.
172A minha língua proclame a tua palavra,
porque todos os teus mandamentos são justos.
173Que a tua mão venha em meu auxílio,
porque escolhi os teus preceitos.
174Eu suspiro, SENHOR, pela tua ajuda;
a tua lei faz as minhas delícias.
175Viva eu sempre para te louvar;
que os teus decretos me ajudem.
176Ando errante, como ovelha perdida;
vem à procura do teu servo,
pois não me esqueci dos teus mandamentos.



Salmos

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150