Jl 2

Da Biblia Online

Os gafanhotos e o Dia do Senhor

1Tocai a trombeta em Sião,

elevai um clamor sobre o meu monte santo!

Estremeçam todos os habitantes da terra

porque se aproxima o Dia do Senhor!

Ele está próximo!

2Dia de trevas e escuridão,

dia de nuvens e sombras.

Como a luz da aurora sobre os montes,

assim se difunde um povo numeroso e forte,

como nunca houve semelhante

desde o princípio

nem depois haverá outro,

no decorrer dos séculos!

3Diante dele, um fogo devorador,

atrás dele, uma chama abrasadora.

Diante dele, a terra é um paraíso do Éden,

atrás dele, a desolação do deserto.

Nada lhe consegue sobreviver.

4O seu aspecto é como o aspecto de cavalos;

correm como corcéis.

5Dir-se-ia semelhante ao estrondo de carros

saltando sobre o cume dos montes,

ao crepitar da chama de fogo

que devora a palha seca,

a um poderoso exército,

disposto em ordem de batalha.

6Diante dele tremem os povos,

todos os rostos empalidecem.

7Correm como valentes

e escalam as muralhas como guerreiros;

cada um segue o seu caminho

sem confundir as suas sendas.

Não se embaraçam uns aos outros;

cada um marcha pela sua estrada.

Abrem caminho por entre as setas,

sem romper as suas fileiras.

9Assaltam a cidade,

correm por cima dos muros,

invadem as casas,

pelas janelas,

entram como ladrões.

10A terra treme diante deles,

os céus ficam abalados,

o Sol e a Lua obscurecem-se,

as estrelas perdem o seu brilho.

11À frente do seu exército, o Senhor faz ouvir a sua voz.

São inúmeros os seus batalhões,

poderoso, o executor da sua palavra.

O Dia do Senhor é grandioso e terrível.

Quem o poderá suportar?!


Apelo à conversão

12Mas agora, diz o Senhor,

convertei-vos a mim de todo o vosso coração

com jejuns, com lágrimas, com gemidos.

13Rasgai os vossos corações e não as vossas vestes,

convertei-vos ao Senhor, vosso Deus,

porque Ele é clemente e compassivo,

paciente e rico em misericórdia.

14Quem sabe? Talvez Ele mude de ideia e volte atrás,

deixando, ao passar, alguma bênção,

para oferenda e libação

ao Senhor vosso Deus!

15Tocai a trombeta em Sião,

ordenai um jejum, proclamai uma reunião sagrada.

16Reuni o povo, purificai a assembleia,

juntai os anciãos, congregai os pequeninos

e os meninos de peito.

Saia o esposo dos seus aposentos

e a esposa do seu leito nupcial.

17Entre o pórtico e o altar

chorem os sacerdotes,

e digam os ministros do Senhor:

«Tem piedade do teu povo, Senhor,

não transformes em ignomínia a tua herança,

para que ela não se torne o escárnio dos povos!

Porque diriam: ‘Onde está o seu Deus?’»


Deus tem compaixão do povo (Dt 28,11-12)


18O Senhor encheu-se de zelo pelo seu país

e teve compaixão do seu povo.

19O Senhor respondeu ao seu povo, dizendo:

«Vou enviar-vos trigo, vinho e azeite,

e deles sereis saciados.

E nunca mais farei de vós

uma ignomínia entre os povos.

20Afastarei de vós

aquele que vem do Norte

e dispersá-lo-ei por uma terra

árida e desolada;

a sua vanguarda, para o mar oriental,

e a sua retaguarda, para o mar ocidental.

Há-de exalar-se dali um cheiro infecto,

um cheiro de podridão

porque tentou fazer grandes coisas.

21Não temas, ó terra!

Exulta e alegra-te

porque o Senhor faz grandes coisas!

22Não temais, animais dos campos,

porque as pastagens do deserto reverdecerão,

as árvores darão o seu fruto,

a figueira e a vinha produzirão abundantemente.

23Exultai, filhos de Sião,

alegrai-vos no Senhor, vosso Deus,

porque Ele há-de mandar-vos

as chuvas do Outono no devido tempo

e fará cair sobre vós chuvas copiosas,

as chuvas do Outono e da Primavera,

como no princípio.

24As eiras se encherão de trigo,

e os lagares transbordarão de vinho e azeite.

25Eu restituí-vos as colheitas

devoradas pelo saltão e pela larva,

pela crisálida e pelos gafanhotos,

meu poderoso exército,

que mandei contra vós.

26Comereis com abundância

e louvareis o nome do Senhor, vosso Deus,

que fez maravilhas em vosso favor.

E o meu povo jamais será confundido.

27Sabereis, então, que estou no meio de Israel,

Eu que sou o Senhor, vosso Deus, e que não há outro.

E o meu povo jamais será confundido.»



Capítulos

Jl 1 Jl 2 Jl 3 Jl 4

Ferramentas pessoais