Sir 51

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Oração de Jesus, filho de Sira 511Eu te dou graças, ó Senhor e Rei, e te louvo, ó Deus meu Salvador. Dou graças ao teu nome. 2  Pois foste para mim um protector e um refúgio, livraste o meu corpo da perdição, das ciladas da língua iníqua e dos lábios que forjam a mentira; perante os meus inimigos foste o meu defensor; e me libertaste, 3  segundo a grandeza da tua misericórdia e do teu nome, dos que rugiam, preparados para me devorarem, da mão dos que atentavam contra a minha vida, das muitas tribulações que padeci, 4  da violência das chamas que me rodeavam e de um fogo que eu não acendi, 5  das profundas entranhas da morada dos mortos, da língua impura, das palavras mentirosas, 6  da calúnia de uma língua injusta, junto do rei. A minha alma esteve perto da morte, e a minha vida estava prestes a cair nas profundezas da morada dos mortos. 7  Cercaram-me de todos os lados, e não havia quem me ajudasse; esperava o auxílio dos homens, mas não apareceu. 8 Lembrei-me, então, das tuas misericórdias, Senhor, e das tuas graças desde sempre, porque livras, os que esperam em ti e os salvas das mãos dos inimigos. 9  Elevei, então, a minha súplica desde a terra, e roguei para ser livre da morte. 10  Invoquei o Senhor, pai do meu senhor, para que não me abandonasse nos dias da tribulação, sem socorro, durante o domínio dos soberbos. Louvarei sem cessar o teu nome; glorificá-lo-ei nos meus louvores. 11    E a minha oração foi ouvida, porque me livraste da perdição, e me salvaste no tempo da desventura. 12    Por isso, eu te glorificarei, cantarei os teus louvores, e bendirei o nome do Senhor.   Exortação para procurar a sabedoria 13    Quando eu era ainda jovem, antes de ter viajado, busquei abertamente a sabedoria na oração. 14    Pedi-a a Deus, diante do santuário, e buscá-la-ei até ao fim. 15    Na sua flor, como uva sazonada, o meu coração nela se alegrou; os meus pés andaram por caminho recto; desde a minha juventude tenho seguido os seus rastos. 16    Apliquei um pouco o meu ouvido, e logo a percebi; encontrei em mim mesmo muita sabedoria. 17    Nela fiz grandes progressos. Tributarei glória àquele que me deu a sabedoria, 18    porque resolvi pô-la em prática; tive zelo do bem e não serei confundido. 19    Lutou minha alma por ela e pus toda a atenção em observar a Lei. Levantei as minhas mãos ao alto e deplorei a minha ignorância acerca dela. 20    Dirigi para ela a minha alma, e na pureza a encontrei. Graças a ela, adquiri inteligência desde o princípio; por isso nunca serei abandonado. 21    Ansiavam minhas entranhas por buscá-la; por isso fiz uma boa aquisição. 22   O Senhor deu-me a língua, como recompensa e, com ela o louvarei. 23   Vinde a mim, vós que careceis da instrução, e habitai na minha escola. 24   Porque quereis privar-nos disso, se as vossas almas estão sedentas? 25  Abri a minha boca e disse: «Enriquecei-vos da sabedoria sem necessidade de dinheiro; 26    submetei a vossa cerviz ao seu jugo e receba a vossa alma a instrução. Ela está perto, ao vosso alcance! 27    Vede com os vossos olhos quão pouco trabalhei e como encontrei para mim mesmo tanta paz. 28  Adquiri a sabedoria mesmo a preço de prata, e com ela obtereis muito ouro; 29    deleite-se a vossa alma na misericórdia do Senhor e não vos envergonhareis de o louvar. 30    Fazei as vossas obras antes do tempo fixado e, a seu tempo, Deus vos dará a recompensa.» [Assinatura:] Sabedoria de Jesus, filho de Sira. aLouvai ao Senhor porque Ele é bom, porque a sua misericórdia é eterna. bLouvai o Deus dos louvores, porque a sua misericórdia é eterna. cLouvai o guarda de Israel, porque a sua misericórdia é eterna. dLouvai o criador do universo, porque a sua misericórdia é eterna. eLouvai o redentor de Israel, porque a sua misericórdia é eterna. fLouvai o que reúne os dispersos de Israel, porque a sua misericórdia é eterna. gLouvai o que reconstrói a sua cidade e o seu templo, porque a sua misericórdia é eterna. hLouvai o que restaura o poder da casa de David, porque a sua misericórdia é eterna. iLouvai o que escolheu como sacerdotes os filhos de Sadoc, porque a sua misericórdia é eterna. jLouvai o escudo de Abraão, porque a sua misericórdia é eterna. kLouvai o rochedo de Isaac, porque a sua misericórdia é eterna. lLouvai o Forte de Jacob, porque a sua misericórdia é eterna. mLouvai o que escolheu Sião, porque a sua misericórdia é eterna. nLouvai o Rei dos reis, porque a sua misericórdia é eterna. oEle reerguerá o poder do seu povo, motivo de louvor para todos os seus fiéis, para Israel, o povo que está perto dele.   Aleluia.



Capítulos

Sir 1 Sir 2 Sir 3 Sir 4 Sir 5 Sir 6 Sir 7 Sir 8 Sir 9 Sir 10 Sir 11 Sir 12 Sir 13 Sir 14 Sir 15 Sir 16 Sir 17 Sir 18 Sir 19 Sir 20 Sir 21 Sir 22 Sir 23 Sir 24 Sir 25 Sir 26 Sir 27 Sir 28 Sir 29 Sir 30 Sir 31 Sir 32 Sir 33 Sir 34 Sir 35 Sir 36 Sir 37 Sir 38 Sir 39 Sir 40 Sir 41 Sir 42 Sir 43 Sir 44 Sir 45 Sir 46 Sir 47 Sir 48 Sir 49 Sir 50 Sir 51