Sir 46

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Josué e Caleb (Js 1,1; 10,10-15; 14,6-15) 461Josué, filho de Nun, valente na guerra, sucedeu a Moisés na função profética; ele que segundo o próprio nome indica, foi um grande salvador dos eleitos do Senhor, derrotando os inimigos que contra ele se levantavam e conseguindo para Israel a sua herança. 2  Que glória não alcançou ele quando, levantando as mãos, brandia a espada contra as cidades! 3  Quem, antes, tinha sido como ele? Foi ele, com efeito, que conduziu as guerras do Senhor. 4  Não se deteve o Sol, ao sinal da sua mão? Não se tornou um só dia tão longo como dois? 5 Ele invocou o Altíssimo, Todo-Poderoso, quando os inimigos atacavam por todos os lados: o grande Senhor o ouviu e fez cair pedras de granizo de grande força. 6  Investiu impetuosamente contra as hostes inimigas e aniquilou-as na descida do vale, para que as nações conhecessem o poder das suas armas, pois ele combatia na presença do Senhor. 7  Ele, na verdade, seguiu o Todo- Poderoso; já no tempo de Moisés, praticara um acto de piedade, junto com Caleb, filho de Jefuné, resolvendo fazer frente à multidão, impedindo o povo de pecar e apaziguando a murmuração provocado pela malícia. 8De entre um número de seiscentos mil homens, estes dois foram escolhidos e livres da morte, para serem introduzidos na sua possessão, na terra onde mana o leite e o mel. 9  O Senhor deu força a Caleb: o seu vigor durou até à velhice, para subir a um lugar elevado do país, que a sua descendência recebeu como herança. 10  Deste modo, todos os filhos de Israel reconheceram que é bom seguir o Senhor.   Os juízes 11  Em seguida, vieram os juízes, designados cada um pelo seu nome, cujos corações não se perverteram, porque não se afastaram do Senhor. Seja abençoada a sua memória! 12Os seus ossos floresçam nos seus sepulcros, os seus nomes revivam nos filhos desses homens ilustres!   Samuel (1 Sm 3,1-20; 7,3-17; 10,1; 12,1-5; 28,1-3) 13  Amado pelo Senhor, o seu profeta Samuel instituiu a realeza e ungiu príncipes, entre o seu povo. 14  Julgou o povo, segundo a Lei do Senhor, e Deus olhou para Jacob. 15  Pela sua fidelidade foi reconhecido como profeta, e foi reconhecido nas suas palavras, como um verdadeiro vidente. 16  Invocou o Senhor Todo-Poderoso, quando os seus inimigos o cercavam por todos os lados, oferecendo um tenro cordeiro. 17  O Senhor trovejou do céu e fez ouvir a sua voz com um grande estrondo. 18  Destroçou os príncipes de Tiro e todos os chefes dos filisteus. 19  Antes da hora do seu eterno repouso, deu testemunho, na presença do Senhor e do seu ungido, de que não tinha recebido dinheiro de pessoa alguma, nem sequer umas sandálias, e ninguém o pôde acusar. 20  Mesmo depois de morrer, profetizou e anunciou ao rei o seu fim; levantou a voz do seio da terra, para profetizar a destruição da impiedade do povo.



Capítulos

Sir 1 Sir 2 Sir 3 Sir 4 Sir 5 Sir 6 Sir 7 Sir 8 Sir 9 Sir 10 Sir 11 Sir 12 Sir 13 Sir 14 Sir 15 Sir 16 Sir 17 Sir 18 Sir 19 Sir 20 Sir 21 Sir 22 Sir 23 Sir 24 Sir 25 Sir 26 Sir 27 Sir 28 Sir 29 Sir 30 Sir 31 Sir 32 Sir 33 Sir 34 Sir 35 Sir 36 Sir 37 Sir 38 Sir 39 Sir 40 Sir 41 Sir 42 Sir 43 Sir 44 Sir 45 Sir 46 Sir 47 Sir 48 Sir 49 Sir 50 Sir 51