Is 9

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

1O povo que andava nas trevas viu uma grande luz;

habitavam numa terra de som­bras,

mas uma luz brilhou sobre eles.

2Multiplicaste a alegria,

aumentaste o júbilo;

alegram-se diante de ti

como os que se alegram no tempo da colheita,

como se regozijam os que repar­tem os despojos.

3Pois Tu quebraste o seu jugo pe­sado,

a vara que lhe feria o ombro

e o bastão do seu capataz,

como na jornada de Madian.

4Porque a bota que pisa o solo com arrogância

e a capa empapada em sangue

serão queimadas e serão pasto das chamas.

5Porquanto um menino nasceu para nós,

um filho nos foi dado;

tem a soberania sobre os seus om­­bros,

e o seu nome é:

Conselheiro-Admirável, Deus he­rói,

Pai-Eterno, Príncipe da paz.

6Dilatará o seu domínio com uma paz sem limites,

sobre o trono de David e sobre o seu reino.

Ele o estabelecerá e o conso­li­da­rá com o direito e com a jus­tiça,

desde agora e para sempre.

Assim fará o amor ardente do Se­nhor do universo.


Vingança do Senhor (Jr 5; Am 4,6-12)

7O Senhor proferiu uma ameaça contra Jacob,

e ela caiu sobre Israel.

8Chegará ao conhecimento de todo o povo,

de Efraim e dos habitantes da Sa­maria,

os quais, na sua soberba e dureza de coração, exclamam:

9«Os tijolos caíram, mas nós edifi­caremos com pedras lavradas;

as traves de madeira dos sicó­mo­ros foram abatidas,

mas nós as substituiremos por ma­deira de cedros.»

10O Senhor lançará contra eles os inimigos

e estimulará os seus adversários:

11a oriente, Damasco; a ocidente, os filisteus;

estes devorarão Israel à boca cheia.

Apesar de tudo isto,

não se aplaca a sua ira;

antes, a sua mão continuará a cas­­­tigar.

12Porém, o povo não se voltou para quem o feria,

não procurou o Senhor do uni­verso.

13O Senhor cortará a cabeça e a cauda de Israel,

a palma e o junco num só dia.

14O ancião e o nobre são a cabeça,

o profeta que ensina a mentira é a cauda.

15Os que dirigem este povo desen­caminham-no,

e os dirigidos perdem-se.

16Por isso, o Senhor não se com­pa­dece dos jovens

e não tem piedade dos orfãos e das viúvas.

Todos eles são ímpios e maus,

toda a gente só profere loucuras.

Apesar de tudo isto não se aplaca a sua ira;

antes, a sua mão continuará a cas­tigar.

17A iniquidade está ardendo como um fogo

que devora os abrolhos e os espi­nhos

e ateia um incêndio na floresta,

levantando para o alto turbilhões de fumo.

18A cólera do Senhor do universo faz arder o país

e o povo é pasto das chamas:

ninguém poupa a ninguém, nem aos irmãos.

19Corta-se à direita e fica-se com fome,

devora-se à esquerda e ninguém se sacia.

20Manassés contra Efraim,

Efraim contra Manassés,

e os dois juntos contra Judá.

Apesar de tudo isto, não se apla­ca a sua ira;

antes, a sua mão continuará a cas­tigar.



Capítulos

Is 1 Is 2 Is 3 Is 4 Is 5 Is 6 Is 7 Is 8 Is 9 Is 10 Is 11 Is 12 Is 13 Is 14 Is 15 Is 16 Is 17 Is 18 Is 19 Is 20 Is 21 Is 22 Is 23 Is 24 Is 25 Is 26 Is 27 Is 28 Is 29 Is 30 Is 31 Is 32 Is 33 Is 34 Is 35 Is 36 Is 37 Is 38 Is 39 Is 40 Is 41 Is 42 Is 43 Is 44 Is 45 Is 46 Is 47 Is 48 Is 49 Is 50 Is 51 Is 52 Is 53 Is 54 Is 55 Is 56 Is 57 Is 58 Is 59 Is 60 Is 61 Is 62 Is 63 Is 64 Is 65 Is 66