Is 60

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Glória da nova Jerusalém (Ap 21-22)

1Levanta-te e resplandece, Je­ru­salém, que está a chegar a tua luz! A glória do Senhor amanhece so­bre ti! 2Olha: as trevas cobrem a terra, e a escuridão, os povos, mas sobre ti amanhecerá o Se­nhor. A sua glória vai aparecer sobre ti. 3As nações caminharão à tua luz, e os reis ao esplendor da tua au­rora. 4Levanta os olhos e vê à tua vol­ta: todos esses se reuniram para vir ao teu encontro. Os teus filhos chegam de longe, e as tuas filhas são transpor­ta­das nos braços. 5Quando vires isto, ficarás radiante de alegria; o teu coração palpitará e se dila­tará, porque para ti afluirão as rique­zas do mar, e a ti virão os tesouros das na­ções. 6Serás invadida por uma multi­dão de camelos, pelos dromedários de Madian e de Efá. De Sabá virão todos trazendo ouro e incenso, e proclamando os louvores do Se­nhor. 7Os rebanhos de Quedar se reu­nirão à tua volta, e os carneiros de Nebaiot estarão ao teu dispor; serão apresentados no meu altar, como vítimas agradáveis, e glorificarei o templo com o es­plendor da minha glória. 8Quem são estes que voam como nuvens e como pombas para o pombal? 9São as frotas que convergem para mim: os navios de Társis abrem a mar­cha, para trazer de longe os teus fi­lhos, com a sua prata e o seu ouro. Vêm honrar o Senhor, teu Deus, o Santo de Israel, que assim te enche de honra.


Homenagem dos povos

10Os estrangeiros reconstruirão as tuas muralhas, e os seus reis te servirão. Se te feri na minha indignação, agora quero mostrar-te o meu amor e benevolência. 11As tuas portas estarão sempre abertas, não se fecharão nem de dia nem de noite, para te trazerem as riquezas das nações, acompanhadas dos seus reis. 12As nações ou o reino que recu­sa­rem servir-te serão destruídos; essas nações serão arrasadas. 13A glória do Líbano virá sobre ti, com o cipreste, o abeto e o pi­nheiro, para adornar o lugar do meu san­tuário, e mostrar a glória do trono em que me sento. 14Os filhos dos teus opressores virão a ti humilhados, todos os que te desprezaram pros­trar-se-ão a teus pés. Chamar-te-ão: «Cidade do Se­nhor», «Sião do Santo de Israel.» 15Eras uma cidade abandonada, aborrecida e desabitada, mas agora farei de ti o orgulho dos séculos, a delícia de todas as idades. 16Beberás do leite das nações e serás amamentada com a ri­queza dos reis; saberás que Eu, o Senhor, serei o teu salvador. O teu redentor sou Eu, o herói de Jacob. 17Em lugar de bronze irei trazer-te ouro, em vez de ferro irei trazer-te pra­ta; em vez de madeira, bronze, e em vez de pedra, ferro. Por inspectores, dar-te-ei a paz e por capatazes, a justiça. 18Não mais se ouvirá falar de vio­lência na tua terra, nem de devastações ou de ruínas dentro do teu território. Darás às tuas muralhas o nome de «Salvação», e às tuas portas, o nome de «Lou­vor.»


O Senhor é luz eterna

19Já não será o Sol que te ilu­mi­nará durante o dia, nem a Lua, durante a noite. O Senhor será a tua luz eterna, o teu Deus será o teu esplendor. 20Não se porá mais o teu Sol, e a tua Lua não mais se esconderá, porque o Senhor será a tua luz eterna e terão fim os dias do teu luto. 21No teu povo todos serão justos e possuirão a terra para sempre. Serão como vergônteas que Eu plantei, obras das minhas mãos, para manifestarem a minha gló­ria. 22A família mais pequena che­ga­rá a mil pessoas, a mais modesta será como uma nação poderosa. Eu sou o Senhor, e tudo isto em breve o realizarei.



Capítulos

Is 1 Is 2 Is 3 Is 4 Is 5 Is 6 Is 7 Is 8 Is 9 Is 10 Is 11 Is 12 Is 13 Is 14 Is 15 Is 16 Is 17 Is 18 Is 19 Is 20 Is 21 Is 22 Is 23 Is 24 Is 25 Is 26 Is 27 Is 28 Is 29 Is 30 Is 31 Is 32 Is 33 Is 34 Is 35 Is 36 Is 37 Is 38 Is 39 Is 40 Is 41 Is 42 Is 43 Is 44 Is 45 Is 46 Is 47 Is 48 Is 49 Is 50 Is 51 Is 52 Is 53 Is 54 Is 55 Is 56 Is 57 Is 58 Is 59 Is 60 Is 61 Is 62 Is 63 Is 64 Is 65 Is 66