Is 50

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Processo de Deus com o seu povo

1Eis o que diz o Senhor: «Onde está o documento de re­pú­dio com que despedi a vossa mãe, ou a qual dos meus credores Eu vos vendi como escravos? Por causa das vossas culpas é que fostes vendidos, e por causa dos vossos crimes é que a vossa mãe foi repudiada. 2Porque é que não encontro nin­guém quando venho? Porque é que ninguém responde quando chamo? Porventura encurtou-se a minha mão para vos resgatar? Não tenho Eu poder bastante para vos salvar? Olhai: com uma simples ameaça seco o mar, transformo os rios em deserto, por falta de água apodrecem os seus peixes, mortos de sede. 3Visto o céu de negro e cubro-o com uma veste de luto.»


 

Terceiro cântico do Servo (v.4-11; 42,1-4; 49,1-6; 52,13-53,12)


Sofrimento e confiança

4«O Senhor Deus ensinou-me o que devo dizer, para saber dar palavras de alento aos desanimados. Cada manhã desperta os meus ouvidos, para que eu aprenda como os dis­cípulos. 5O Senhor Deus abriu-me os ou­vidos, e eu não resisti, nem recusei. 6Aos que me batiam apresentei as espáduas, e a face aos que me arrancavam a barba; não desviei o meu rosto dos que me ultrajavam e cuspiam. 7Mas o Senhor Deus veio em meu auxílio; por isso não sentia os ultrajes. Endureci o meu rosto como uma pedra, pois sabia que não ficaria enver­gonhado. 8O meu defensor está junto de mim. Quem ousará levantar-me um pro­­­­­cesso? Compareçamos juntos diante do juiz! Apresente-se quem tiver qualquer coisa contra mim. 9O Senhor Deus vem em meu au­xílio; quem ousará condenar-me? Cairão todos esfrangalhados, como roupa velha, roída pela traça.»


Obediência ao Servo do Senhor

10Quem de entre vós teme o Se­nhor e escuta a voz do seu servo? Mesmo que caminhe nas trevas, privado de luz, confie no nome do Senhor e firme-se sobre o seu Deus. 11Mas quanto a vós, que ateais o fogo, que preparais setas incendiárias, caireis nas chamas do vosso pró­prio fogo, por entre as setas que inflamas­tes. Assim vos tratará a minha mão, e haveis de jazer nos vossos tor­mentos.



Capítulos

Is 1 Is 2 Is 3 Is 4 Is 5 Is 6 Is 7 Is 8 Is 9 Is 10 Is 11 Is 12 Is 13 Is 14 Is 15 Is 16 Is 17 Is 18 Is 19 Is 20 Is 21 Is 22 Is 23 Is 24 Is 25 Is 26 Is 27 Is 28 Is 29 Is 30 Is 31 Is 32 Is 33 Is 34 Is 35 Is 36 Is 37 Is 38 Is 39 Is 40 Is 41 Is 42 Is 43 Is 44 Is 45 Is 46 Is 47 Is 48 Is 49 Is 50 Is 51 Is 52 Is 53 Is 54 Is 55 Is 56 Is 57 Is 58 Is 59 Is 60 Is 61 Is 62 Is 63 Is 64 Is 65 Is 66