Is 34

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa
Pequeno Apocalipse (34,1-35,10; ver 24-27)


Julgamento dos pagãos

1Aproximai-vos, nações, e ouvi; povos, estai atentos; ouça a terra e tudo o que ela con­tém, o mundo inteiro e tudo o que ele produz! 2Porque o Senhor está irado con­tra todas as nações, enfurecido contra todos os seus exércitos. Destina-os ao anátema, entrega-os ao extermínio. 3Os seus mortos ficam sem sepul­tura, e os seus cadáveres exalam mau cheiro, os montes são banhados no san­gue deles. 4O exército das estrelas desfa­lece, os céus enrolam-se como um per­gaminho, os seus exércitos extinguem-se e caem como folhas mortas de vinha ou de figueira.


Castigo de Edom (Jr 49,7-22)

5Porque a espada do Senhor apa­rece nos céus cheia de sangue: vede como se precipita sobre Edom, sobre o povo que Ele destinou ao extermínio. 6A espada do Senhor está cheia de sangue, impregnada de gordura, como do sangue dos cordeiros e dos bodes, como a gordura das entranhas dos carneiros. É que o Senhor faz carnificina em Bosra, grande matança na terra de Edom. 7Caem juntos os búfalos com os touros e novilhos. A sua terra embriaga-se de san­gue, e o chão está coberto de gordura, 8porque é o dia da vingança do Senhor, ano de desforra para a causa de Sião. 9As torrentes de Edom converter-se-ão em pez, e o seu chão em enxofre. A sua terra tornar-se-á pez ar­dente, 10que não se apaga nem de dia nem de noite, como fumo a subir continua­mente. Edom ficará desolada para sem­pre, de geração em geração ninguém passará por ela. 11Apoderam-se dela as gralhas e os ouriços, e habitam-na a coruja e o corvo. O Senhor estende sobre ela a corda da destruição, e o fio-de-prumo da desolação. 12Não fica lá ninguém para se po­der considerar um reino, e todos os seus príncipes desa­parecerão. 13Os espinhos crescem nos seus palácios, as urtigas e os cardos nas suas fortalezas. Converte-se em covil de chacais e em morada para as crias das avestruzes. 14Nela se reúnem hienas e gatos bravos, e os bodes chamarão uns pelos outros. Até o fantasma Lilit ali habita e encontra o seu repouso. 15A serpente faz ali o ninho e põe os ovos, choca-os e saem os filhos. É lá também que se reúnem os abutres e se acasalam. 16Investigai no livro do Senhor e vereis que nenhuma destas coi­sas lá faltará, porque foi o Senhor quem as man­dou, o seu espírito quem as juntou. 17Foi Ele quem lhes designou a sua porção, foi a sua mão que lhes mediu a terra com um cordel. Eles a possuirão para sempre, e de geração em geração habi­ta­rão nela.



Capítulos

Is 1 Is 2 Is 3 Is 4 Is 5 Is 6 Is 7 Is 8 Is 9 Is 10 Is 11 Is 12 Is 13 Is 14 Is 15 Is 16 Is 17 Is 18 Is 19 Is 20 Is 21 Is 22 Is 23 Is 24 Is 25 Is 26 Is 27 Is 28 Is 29 Is 30 Is 31 Is 32 Is 33 Is 34 Is 35 Is 36 Is 37 Is 38 Is 39 Is 40 Is 41 Is 42 Is 43 Is 44 Is 45 Is 46 Is 47 Is 48 Is 49 Is 50 Is 51 Is 52 Is 53 Is 54 Is 55 Is 56 Is 57 Is 58 Is 59 Is 60 Is 61 Is 62 Is 63 Is 64 Is 65 Is 66