Gn 25

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Os filhos de Quetura (1 Cr 1,32-33) – 1Abraão voltou a tomar uma mulher de nome Quetura, 2que lhe deu à luz Zimeran, Jocsan, Medan, Madian, Jisbac e Chua. 3Jocsan gerou Sabá e Dedan. Os filhos de Dedan foram os achuritas, os letuchitas e os leumitas. 4Os filhos de Madian foram Efá, Éfer, Henoc, Abidá e Eldaá. Foram esses os filhos de Quetura. 5Abraão deu todos os seus bens a Isaac. 6Quanto aos filhos das suas concubinas, deu-lhes apenas presentes e enviou-os, ainda em vida, para longe de Isaac, seu filho, para as terras do oriente.


Morte de Abraão7Esta é a duração da vida de Abraão: ele viveu cento e setenta e cinco anos. 8Abraão foi-se extinguindo e morreu numa ditosa velhice; de idade avançada e repleto de dias, foi reunir-se aos seus. 9Isaac e Ismael, seus filhos, sepultaram-no na caverna de Macpela, situada na terra de Efron, filho de Soar, o hitita, em frente de Mambré, 10a terra que Abraão adquirira aos hititas. Ali foi sepultado com Sara, sua mulher. 11Após a sua morte, Deus abençoou Isaac, seu filho, que residia junto do poço de Lahai-Roí.


Descendência de Ismael (1 Cr 1,28-31) – 12Esta é a descendência de Ismael, o filho de Agar, a escrava egípcia que Sara dera a Abraão. 13Eis os nomes dos filhos de Ismael, por ordem de nascimento: Nebaiot, primogénito de Ismael; a seguir, Quedar, Adbiel, Mibsam, 14Michemá, Dumá, Massá, 15Hadad, Tema, Jetur, Nafis e Quedma. 16São estes os filhos de Ismael. São estes os nomes segundo as suas aldeias e respectivos acampamentos, e foram os doze chefes das suas tribos.

17A duração da vida de Ismael foi de cento e trinta e sete anos. Depois, expirando, morreu, indo reunir-se aos seus. 18Os seus filhos habitaram desde Havilá até Chur, que está na fronteira do Egipto, em direcção de Achur. Instalou-se, assim, diante de todos os seus irmãos.


ESAÚ E JACOB


19Esta é a descendência de Isaac, filho de Abraão. 20Abraão gerou Isaac. Isaac tinha quarenta anos, quando casou com Rebeca, filha de Betuel, o arameu de Padan-Aram, e irmã de Labão, o arameu. 21Isaac pediu a protecção do SENHOR para a sua mulher, que era estéril.

O SENHOR ouviu-o e Rebeca, sua mulher, concebeu. 22As crianças lutavam no seu seio, e ela disse: «Se isto devia suceder, para que havia eu de conceber?» E foi consultar o SENHOR, 23que lhe respondeu:

«Duas nações estão no teu seio:
dois povos sairão das tuas entranhas.
Um prevalecerá sobre o outro,
e o mais velho servirá o mais novo.»

24Quando chegou o tempo em que devia dar à luz, saíram dois gémeos do seu seio. 25O primeiro que nasceu era ruivo, todo coberto de pêlos como se fosse um manto, e por isso lhe deram o nome de Esaú. 26Depois, saiu o irmão, segurando com a mão o calcanhar de Esaú. E por isso lhe deram o nome de Jacob. Quando eles vieram ao mundo, Isaac tinha sessenta anos. 27As crianças cresceram. Esaú fez-se hábil caçador, um homem dos campos, ao passo que Jacob era um homem tranquilo, que habitava em tendas. 28Isaac preferia Esaú, porque gostava de caça, mas a ternura de Rebeca ia para Jacob.


O prato de lentilhas29Certo dia, estando Jacob a preparar um guisado, Esaú regressou do campo muito cansado. 30E disse a Jacob: «Deixa-me comer desse guisado vermelho, pois estou muito cansado.» Por isso, puseram a Esaú o nome de Edom.

31Jacob disse-lhe: «Vende-me o direito de primogenitura.» 32Esaú retorquiu: «Que me importa a mim o direito de primogenitura, se estou a morrer de fome?» 33Jacob disse-lhe: «Jura imediatamente.» Ele jurou e vendeu o seu direito de primogenitura a Jacob. 34Então Jacob deu-lhe pão e um prato de lentilhas. Esaú comeu e bebeu; depois ergueu-se e partiu. Foi assim que Esaú renunciou ao seu direito de primogenitura.



Capítulos

Gn 1 Gn 2 Gn 3 Gn 4 Gn 5 Gn 6 Gn 7 Gn 8 Gn 9 Gn 10 Gn 11 Gn 12 Gn 13 Gn 14 Gn 15 Gn 16 Gn 17 Gn 18 Gn 19 Gn 20 Gn 21 Gn 22 Gn 23 Gn 24 Gn 25 Gn 26 Gn 27 Gn 28 Gn 29 Gn 30 Gn 31 Gn 32 Gn 33 Gn 34 Gn 35 Gn 36 Gn 37 Gn 38 Gn 39 Gn 40 Gn 41 Gn 42 Gn 43 Gn 44 Gn 45 Gn 46 Gn 47 Gn 48 Gn 49 Gn 50