Gn 23

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Compra de uma gruta sepulcral (47,27-31; 50,7-14) – 1Sara viveu cento e vinte e sete anos. Foi esta a duração da sua vida. 2Morreu em Quiriat-Arbá, a actual Hebron, na terra de Canaã. Abraão foi lá para fazer o funeral de Sara e para a chorar. 3Retirando-se da presença da sua morta, Abraão falou assim aos hititas: 4«Sou estrangeiro e hóspede entre vós; permiti que eu adquira, como propriedade minha, um sepulcro na vossa terra, para que eu possa tirar a minha morta de diante de mim e sepultá-la.»

5Os hititas responderam a Abraão: 6«Escuta-nos, senhor: tu és um príncipe divino entre nós. Sepulta a tua morta no melhor dos nossos sepulcros. Nenhum de nós poderá recusar-te o seu sepulcro, para nele depositares a tua morta.» 7Abraão avançou e, prostrando-se perante o povo daquela terra, os hititas, 8disse-lhes: «Se achais bem que tire de diante de mim a minha morta e lhe dê sepultura, escutai-me e intercedei por mim junto de Efron, filho de Soar, 9para que ele me ceda, por seu justo preço, a caverna de Macpela, que lhe pertence e está situada no extremo da sua propriedade, de modo que eu seja o dono do sepulcro.» 10Ora Efron estava sentado entre os hititas. E Efron, o hitita, respondeu a Abraão, na presença dos hititas e de todos aqueles que entravam pela porta da sua cidade: 11«Não, meu senhor! Ouve-me. Dou-te a terra e a caverna que nela existe. Ofereço-tas, em presença dos filhos do meu povo; enterra a tua morta.» 12Abraão prostrou-se diante do povo do país 13e, dirigindo-se a Efron, de modo a ser por todos ouvido, disse-lhe: «Rogo-te que me escutes. Dar-te-ei o preço do terreno, aceita-o e, então, sepultarei a minha morta.» 14Efron respondeu a Abraão: 15«Meu senhor, ouve-me. Que representa para mim e para ti um terreno cujo valor é de quatrocentos siclos de prata? Enterra a tua morta.» 16Abraão aceitou as condições de Efron, e pesou-lhe diante dos hititas a prata por ele mencionada, quer dizer, quatrocentos siclos de prata em moeda corrente.

17O terreno de Efron, situado em Macpela, em frente de Mambré, o terreno e a caverna nele existente e todas as árvores que cresciam em redor, dentro dos limites deste terreno, 18tornaram-se, assim, propriedade de Abraão, diante dos hititas e de toda a gente que entrava pela porta da cidade.

19Depois, Abraão enterrou Sara, sua mulher, na caverna de Macpela, em frente de Mambré, isto é, em Hebron, na terra de Canaã. 20O terreno e a caverna nele situada passaram dos hititas para a posse de Abraão, como propriedade tumular.



Capítulos

Gn 1 Gn 2 Gn 3 Gn 4 Gn 5 Gn 6 Gn 7 Gn 8 Gn 9 Gn 10 Gn 11 Gn 12 Gn 13 Gn 14 Gn 15 Gn 16 Gn 17 Gn 18 Gn 19 Gn 20 Gn 21 Gn 22 Gn 23 Gn 24 Gn 25 Gn 26 Gn 27 Gn 28 Gn 29 Gn 30 Gn 31 Gn 32 Gn 33 Gn 34 Gn 35 Gn 36 Gn 37 Gn 38 Gn 39 Gn 40 Gn 41 Gn 42 Gn 43 Gn 44 Gn 45 Gn 46 Gn 47 Gn 48 Gn 49 Gn 50