Ap 19

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Cântico de triunfo no céu - 1Depois disto, ouvi no céu algo que parecia o alarido de uma multidão imensa que dizia:

«Aleluia!
A vitória, a glória e o poder
pertencem ao nosso Deus;
2porque Ele julga com verdade e com justiça,
porque Ele condenou a grande prostituta
- a que corrompia a terra com a sua devassidão e lhe pediu contas do sangue dos seus servos.»

3E diziam ainda:

«Aleluia!
O fumo do incêndio da cidade subirá
pelos séculos dos séculos!»

4Os vinte e quatro anciãos e os quatro seres viventes caíram por terra em adoração a Deus, que está sentado no trono. E diziam:

«Ámen! Aleluia!»


As núpcias do Cordeiro - 5E veio uma voz do trono, que dizia:

«Louvai o nosso Deus,
vós, todos os seus servos, que o reverenciais,
pequenos e grandes!»

6Ouvi ainda algo semelhante ao alarido de uma grande multidão ou ao rumor das águas do mar, ou ainda ao ribombar de grandes trovões. E dizia:

«Aleluia!
O Senhor nosso Deus,
o Todo-Poderoso,
começou o seu reinado!
7Alegremo-nos, rejubilemos,
dêmos-lhe glória;
porque chegou o momento das núpcias do Cordeiro;
a sua esposa já está ataviada.
8Ele ofereceu-lhe um vestido de linho resplandecente e puro.»

O linho representa as boas obras dos santos. 9Depois disse-me: «Escreve: Felizes os convidados para o banquete das núpcias do Cordeiro!» E acrescentou: «Estas são palavras verdadeiras, do próprio Deus.»

10E eu caí a seus pés, para o adorar. Mas ele repreendeu-me:

«Atenção! Isso não! Eu sou teu companheiro e dos teus irmãos, que são testemunhas de Jesus. Adora a Deus! Pois dar testemunho de Jesus equivale ao espírito profético.»


Vitória do Messias (1,14-16; 6,2) - 11Depois, vi o céu aberto e apareceu um cavalo branco. O Cavaleiro chama-se «Justo e Verdadeiro.» Ele julga e combate com justiça; 12os seus olhos eram como chamas de fogo; na sua cabeça havia muitas coroas e o seu nome - que leva escrito - ninguém o conhece, a não ser Ele próprio; 13estava vestido com um manto embebido em sangue e o seu nome é «Verbo de Deus14Os exércitos celestes seguiam-no montados em cavalos brancos e vestidos de linho branco e puro. 15Da sua boca saía uma espada aguda para ferir as nações que Ele governará com ceptro de ferro. E pisará o lagar do vinho da ardente ira de Deus Todo-Poderoso. 16Leva também escrito no seu manto e no lado um título: «Rei dos reis e Senhor dos senhores

17Vi ainda, no Sol, um anjo que estava de pé. Gritou com voz potente a todas as aves que voavam no mais alto do céu:

«Vinde, juntai-vos
para o grande banquete de Deus,
18para comerdes as carnes dos reis,
as carnes dos generais,
as carnes dos poderosos,
as carnes dos cavalos,
as carnes dos cavaleiros,
as carnes de todos,
livres e escravos,
pequenos e grandes!»

19Vi então a Besta e os reis da terra e os seus exércitos que se tinham reunido para combater contra o Cavaleiro e contra o seu exército.

20A Besta foi capturada e, com ela, o falso Profeta, o que fazia maravilhas na sua presença e com as quais enganou os que levavam o sinal da Besta e os que adoravam a sua estátua. Os dois foram lançados vivos no lago de fogo e enxofre ardente. 21Os restantes foram mortos pela espada do Cavaleiro, pela espada que sai da sua boca. E todas as aves do céu se fartaram com as suas carnes.



Capítulos

Ap 1 Ap 2 Ap 3 Ap 4 Ap 5 Ap 6 Ap 7 Ap 8 Ap 9 Ap 10 Ap 11 Ap 12 Ap 13 Ap 14 Ap 15 Ap 16 Ap 17 Ap 18 Ap 19 Ap 20 Ap 21 Ap 22