Ap 18

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Queda da Babilónia - 1Depois disto, vi outro anjo que descia do céu com grande autoridade. A terra foi iluminada pelo seu esplendor; 2e gritou com voz forte:

«Caiu, caiu Babilónia, a grande.
Tornou-se antro de demónios,
guarida de todos os espíritos imundos,
guarida de todas as aves imundas
guarida de todos os animais imundos e repelentes;
3porque, do vinho da sua luxúria,
se embriagaram todas as nações;
prostituíram-se com ela os reis da terra
e, com o seu luxo despudorado,
enriqueceram os comerciantes do mundo.»

4Ouvi, depois, uma outra voz que vinha do céu e dizia:

«Meu povo, sai desta cidade
para não seres cúmplice do seu crime
nem vítima dos seus castigos.
5Porque até ao céu se acumularam os seus pecados,
Deus recordou-se dos seus crimes.
6Pagai-lhe com a mesma moeda,
retribuí-lhe o dobro do que ela fez.
Da taça que ela deu a beber aos outros,
dai-lhe a beber o dobro.
7Na mesma medida em que ela gozou da glória e do luxo,
assim sejam o seu tormento e luto;
pois, no seu coração, dizia:
‘Estou sentada no trono como rainha,
não sou viúva e jamais conhecerei o luto!’
8Por isso, num só dia cairão sobre ela os flagelos que merecia:
morte, luto, fome; e o fogo a destruirá.
Porque poderoso é o Senhor Deus, que a julga!

9Chorarão por ela e baterão no peito os reis da terra, os que tomaram parte na sua prostituição e na sua luxúria, quando virem o fumo do braseiro da cidade. 10Ficarão à distância, com medo do seu tormento, e dirão:

‘Ai da grande cidade!
Ai da Babilónia, a grande, a poderosa cidade!
Bastou um momento para o teu castigo!’

11Chorarão também por ela e se lamentarão os comerciantes da terra, porque ninguém mais comprará as suas mercadorias:

12«Os objectos de ouro, de prata,
de pedras preciosas e de pérolas;
de linho, de púrpura, de seda e de escarlate;
toda a espécie de madeiras de sândalo,
de objectos de marfim e de madeiras preciosas;
de bronze, de ferro, de mármore,
13canela, cravo, especiarias,
perfumes e incenso, vinho, azeite,
flor de farinha e trigo,
bois e ovelhas,
cavalos e carros,
escravos e prisioneiros.
14E os frutos, que tão ardentemente apetecias,
se afastaram de ti;
tudo o que é opulência e esplendor
se perdeu para ti.
E nunca mais se encontrarão em ti!»

15E os comerciantes, que ela tinha enriquecido com este comércio, ficarão à distância, com medo do tormento dela; chorando, batendo no peito, 16dirão:

«Ai da grande cidade!
Ai da que se vestia de linho,
de púrpura e de escarlate,
da que se revestia de ouro,
de pedras preciosas e de pérolas!
17Porque bastou um momento para devastar tão grande riqueza!»

E também todos os pilotos de barcos e quantos navegam de um lado para o outro, todos os marinheiros e quantos vivem do trabalho do mar, detiveram-se à distancia 18e, ao ver o fumo que subia da cidade, gritavam dizendo:

«Quem é semelhante à grande cidade?»

19E, deitando pó sobre as próprias cabeças, choravam em altos gritos e, batendo no peito, diziam:

«Ai, ai da grande cidade,
cuja opulência enriqueceu todos,
os que têm barcos nos mares!
Bastou um momento para ficar devastada!
20Ó céus, rejubilai pela sua ruína!
E vós também, os santos, os apóstolos e os profetas!
Porque, condenando-a, Deus fez-vos justiça.»

21Depois, um anjo poderoso levantou uma pedra do tamanho de uma mó de moinho e lançou-a ao mar, dizendo:

«Assim, com o mesmo ímpeto,
será lançada Babilónia, a grande cidade!
E nunca mais será encontrada.
22A melodia das cítaras e dos músicos,
das flautas e das trombetas
nunca mais se ouvirá dentro de ti.
Não mais se encontrará em ti
nenhum artista de qualquer arte que seja;
não mais se ouvirá em ti
o ruído da mó.
23A luz da lâmpada
nunca mais brilhará dentro de ti.
E as vozes do noivo e da noiva
nunca mais se ouvirão dentro de ti.
Porque os teus comerciantes eram os magnates da terra
e com os teus feitiços ludibriaste todas as nações.»

24Nela foi encontrado o sangue dos profetas e dos santos e de quantos foram mortos sobre a terra.



Capítulos

Ap 1 Ap 2 Ap 3 Ap 4 Ap 5 Ap 6 Ap 7 Ap 8 Ap 9 Ap 10 Ap 11 Ap 12 Ap 13 Ap 14 Ap 15 Ap 16 Ap 17 Ap 18 Ap 19 Ap 20 Ap 21 Ap 22