Ap 14

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Quarto sinal: Os 144000 e o Cordeiro - 1Na visão apareceu o Cordeiro; estava sobre o Monte Sião e, com Ele, estavam cento e quarenta e quatro mil pessoas que tinham o seu nome e o nome de seu Pai escrito nas frontes. 2Ouvi também uma voz que vinha do céu que era como o fragor do mar ou como estrondo de forte trovão. A voz que eu ouvira era ainda semelhante à música de harpas tocadas por harpistas. 3E cantavam um cântico novo diante do trono, diante dos quatro seres viventes e diante dos anciãos.

Ninguém podia aprender aquele cântico a não ser os cento e quarenta e quatro mil que tinham sido resgatados da terra. 4Estes são os que não se perverteram com mulheres, porque são virgens; estes são os que seguem o Cordeiro para toda a parte. Foram resgatados, como primícias da humanidade, para Deus e para o Cordeiro. 5Na sua boca não se achou mentira: são irrepreensíveis.


Quinto sinal: os anúncios dos três anjos - 6Vi ainda outro anjo que voava no mais alto do céu. Era portador de uma Boa Nova de valor eterno para anunciar aos habitantes da terra: a todas as nações, tribos, línguas e povos. 7E clamava:

«Reverenciai a Deus e dai-lhe glória,
porque chegou a hora do seu julgamento.
Adorai o Criador do céu, da terra,
do mar e das nascentes das águas!»

8Um outro anjo, o segundo, seguiu o primeiro anjo, dizendo:

«Caiu, caiu a grande Babilónia,
a que deu a beber a todas as nações
o vinho do furor da sua prostituição.»

9Ainda um terceiro anjo seguiu os dois primeiros e clamava com voz forte:

«Se alguém adorar a Besta e a sua estátua
e receber na sua fronte ou na mão o sinal da Besta,
10esse também há-de beber do vinho do furor de Deus,
derramado sem mistura na taça da sua ira,
e será atormentado com fogo e enxofre,
diante dos santos anjos e diante do Cordeiro.
11O fumo do seu tormento subirá pelos séculos dos séculos,
pois, os que adoram a Besta e a sua estátua e levam a marca do seu nome
não terão descanso nem de dia nem de noite.
12Nisto é que se manifesta a constância dos santos,
isto é, dos que guardam os mandamentos de Deus
e a fidelidade a Jesus.»


Sexto sinal: três mensagens - 13Depois, ouvi uma voz que vinha do céu e me dizia:

«Escreve: Felizes os que de agora em diante
morrerem em união com o Senhor!
Assim é - diz o Espírito;
que descansem dos seus trabalhos,
pois as suas obras os acompanham.»

14Seguidamente, na visão, apareceu uma nuvem branca. Sobre a nuvem estava sentado alguém que se parecia com um homem. Tinha na cabeça uma coroa de ouro e na mão uma foice afiada.

15Depois saiu do santuário um outro anjo que gritava ao que estava sentado na nuvem:

«Lança a tua foice e ceifa,
porque chegou o tempo de ceifar.
Está madura a seara da terra.»

16Então, o que estava sentado na nuvem lançou a foice à terra e a terra foi ceifada.

17Depois saiu outro anjo do santuário celeste que também trazia uma foice afiada. 18E, do altar, saiu ainda outro anjo, o que tem poder sobre o fogo. E gritou ao anjo que tinha a foice afiada:

«Manda a tua foice afiada
e vindima os cachos da vinha da terra;
porque as uvas já estão maduras.»

19O anjo lançou a foice à terra, vindimou a vinha da terra e lançou as uvas no grande lagar da ira de Deus. 20O lagar das uvas foi pisado fora da cidade e do lagar saiu tanto sangue que chegava aos freios dos cavalos num raio de umas sessenta léguas.



Capítulos

Ap 1 Ap 2 Ap 3 Ap 4 Ap 5 Ap 6 Ap 7 Ap 8 Ap 9 Ap 10 Ap 11 Ap 12 Ap 13 Ap 14 Ap 15 Ap 16 Ap 17 Ap 18 Ap 19 Ap 20 Ap 21 Ap 22