2 Cr 8

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Outras actividades de Salo­mão (1 Rs 9,10-28) – 1Em vinte anos, Salomão concluiu a cons­tru­ção do templo do Senhor e do seu pró­prio palácio; 2reconstruiu, tam­bém, as cidades que Huram lhe tinha dado e estabeleceu nelas os filhos de Is­rael. 3Em seguida, mar­chou contra Ha­mat de Soba e apo­derou-se dela.

4Construiu Tadmor, no deserto, e todas as cidades que lhe serviam de entreposto, na região de Hamat. 5Edi­ficou Bet-Horon de Cima e Bet-Horon de Baixo, cidades fortificadas com muralhas, portas e ferrolhos. 6Cons­truiu igualmente Baalat e todas as cidades que serviam de en­treposto a Salomão, as cidades onde guardava os carros de combate e a cavalaria. Tudo isto, Salo­mão construiu em Jerusalém, no Líbano e em todo o território do seu domínio. 7Havia no país uma população que não per­tencia a Israel: hititas, amor­­reus, pe­rizeus, heveus e jebu­seus.

8Eram descendentes dos povos que tinham ficado no país e que Israel não exterminou. Salomão recrutou-os para trabalhos força­dos, o que acontece ainda hoje.

9Nenhum filho de Israel foi redu­zido ao trabalho de escravo ou a tra­balhos servis em favor de Salomão, porque eles eram guerreiros, chefes das suas tropas, comandantes dos car­ros e da cavalaria. 10O número dos capatazes, colocados pelo rei à frente dos operários, era de duzen­tos e cinquenta.

11Salomão mandou vir a filha do Faraó da cidade de David para a casa que lhe construiu; pois disse: «A minha mulher não deve habitar na casa de David, rei de Israel. Esta habitação, na qual entrou a Arca do Senhor, é um lugar sagrado.» 12En­­tão, Salomão ofereceu ao Senhor holocaustos sobre o altar que cons­truíra diante do pórtico. 13Todos os dias oferecia os sacrifícios prescritos por Moisés: nos sábados, nas festas da Lua-nova e nas três festas do ano, isto é, na festa dos Ázimos, na festa das Semanas e na festa das Tendas.

14Conforme as disposições toma­das por seu pai David, distribuiu as di­versas classes de sacerdotes se­gundo as suas funções, e os levitas segundo o seu encargo de cantores e o seu ministério quotidiano, como aju­dan­tes dos sacerdotes; e, da mes­ma for­ma, distribuiu os portei­ros para cada porta, de acordo com a sua cate­­­go­ria. Assim David, o ho­mem de Deus, havia ordenado. 15Tan­to os sacerdo­tes como os levitas cumpri­ram pon­tualmente todas as ordens do rei e todas as suas dis­posições, relaciona­das com a guarda dos tesouros.

16Desta forma foi ter­mi­­nada toda a obra de Salomão, des­de as funda­ções do tem­plo do Senhor até ao seu pleno acaba­mento. 17Então Salomão partiu para Ecion-Guéber e Elat, nas praias do mar, no país de Edom. 18Hu­ram en­viou-lhe, por meio dos seus ser­vos, na­vios e marinheiros experi­menta­dos. Foram a Ofir, com os ser­vos de Salomão, e de lá trou­xeram quatro­centos e cinquenta talentos de ouro para o rei Salomão.



Capítulos

2 Cr 1 2 Cr 2 2 Cr 3 2 Cr 4 2 Cr 5 2 Cr 6 2 Cr 7 2 Cr 8 2 Cr 9 2 Cr 10 2 Cr 11 2 Cr 12 2 Cr 13 2 Cr 14 2 Cr 15 2 Cr 16 2 Cr 17 2 Cr 18 2 Cr 19 2 Cr 20 2 Cr 21 2 Cr 22 2 Cr 23 2 Cr 24 2 Cr 25 2 Cr 26 2 Cr 27 2 Cr 28 2 Cr 29 2 Cr 30 2 Cr 31 2 Cr 32 2 Cr 33 2 Cr 34 2 Cr 35 2 Cr 36