1Pe 3

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Deveres dos esposos (Ef 5,21-33) 1Vós, também, ó mulheres, sede submissas aos vossos maridos, para que, mesmo se alguns não crêem na Palavra, venham a ser conquistados, sem palavras, pelo procedimento das suas mulheres, 2ao observarem a vossa conduta casta e cheia de respeito.

3Que o vosso adorno não seja o exterior - arranjo do cabelo, jóias de ouro, roupa vistosa - 4mas, sim, o interior, que está oculto no coração, o adorno duradouro de uma alma mansa e serena; este é o adorno de maior valor aos olhos de Deus. 5Era assim que outrora se adornavam as santas mulheres que esperavam em Deus, submissas a seus maridos; 6assim, Sara que obedecia a Abraão, chamando-lhe seu senhor. Dela vós sois filhas, quando fazeis o bem, sem vos deixardes perturbar por nenhum temor.

7Do mesmo modo, vós, maridos, no convívio com as vossas mulheres, tende em conta que são de natureza mais delicada, e tende consideração por elas, dado que são também herdeiras convosco do dom da vida. Assim, nada estorvará a vossa oração.


O amor fraterno - 8Finalmente, tende todos o mesmo pensar e os mesmos sentimentos, o amor de irmãos, a misericórdia e a humildade.

9Não pagueis o mal com o mal, nem a injúria com a injúria; pelo contrário, respondei com palavras de bênção, pois a isto fostes chamados: a herdar uma bênção.

10Pois quem quer ter amor à vida
e ver dias felizes,
refreie a sua língua do mal
e os seus lábios de palavras enganosas;
11aparte-se do mal e pratique o bem,
busque a paz e corra atrás dela.
12Porque os olhos do Senhor fixam-se nos justos
e os ouvidos do Senhor estão atentos às suas súplicas;
mas o seu rosto volta-se contra os que fazem o mal.


III. OS CRISTÃOS PERANTE O SOFRIMENTO (3,13-4,11)


Os que sofrem injustamente - 13E quem vos poderá fazer mal, se fordes zelosos em praticar o bem? 14Mas, se tiverdes de padecer por causa da justiça, felizes de vós!

Não temais as suas ameaças, nem vos deixeis perturbar; 15mas, no íntimo do vosso coração, confessai Cristo como Senhor, sempre dispostos a dar a razão da vossa esperança a todo aquele que vo-la peça; 16com mansidão e respeito, mantende limpa a consciência, de modo que os que caluniam a vossa boa conduta em Cristo sejam confundidos, naquilo mesmo em que dizem mal de vós.

17Melhor é padecer por fazer o bem, se é essa a vontade de Deus, do que por fazer o mal.


Sofrimento e glória de Cristo

18Também Cristo padeceu pelos pecados,
de uma vez para sempre
- o Justo pelos injustos para nos conduzir a Deus.
Morto na carne, mas vivificado no espírito.

19Foi então que foi pregar também aos espíritos cativos, 20outrora incrédulos, no tempo em que, nos dias de Noé, Deus os esperava pacientemente enquanto se construía a Arca; nela poucas pessoas - oito apenas - se salvaram por meio da água. 21Isto era uma figura do baptismo, que agora vos salva, não por limpar impurezas do corpo, mas pelo compromisso com Deus de uma consciência honrada, em virtude da ressurreição de Jesus Cristo, 22que, tendo subido ao Céu, está sentado à direita de Deus, e a Ele se submeteram Anjos, Dominações e Potestades.



Capítulos

1Pe 1 1Pe 2 1Pe 3 1Pe 4 1Pe 5