1Pe 2

Da wiki Biblia Online
Ir para: navegação, pesquisa

Como crianças recém-nascidas - 1Portanto, ponde de parte toda a malícia, falsidades, hipocrisias, invejas e toda a espécie de maledicências; 2como crianças recém-nascidas, ansiai pelo leite espiritual, não adulterado, para que ele vos faça crescer para a salvação, 3se é que já saboreastes como o Senhor é bom.


Cristo, pedra angular - 4Aproximando-vos dele, pedra viva, rejeitada pelos homens, mas escolhida e preciosa aos olhos de Deus, 5também vós - como pedras vivas - entrais na construção de um edifício espiritual, em função de um sacerdócio santo, cujo fim é oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus, por Jesus Cristo. 6Por isso se diz na Escritura:

Eis que ponho em Sião uma pedra angular, escolhida, preciosa;
quem crer nela não será confundido.
7A honra é, então, para vós, os crentes; mas, para os incrédulos,
a pedra que os construtores rejeitaram,
esta mesma tornou-se a pedra angular,
8e também uma pedra que faz tropeçar,
uma pedra de escândalo.
Tropeçam nela porque não creram na palavra; para isso estavam destinados.

9Vós, porém, sois linhagem escolhida, sacerdócio régio, nação santa, povo adquirido em propriedade, a fim de proclamardes as maravilhas daquele que vos chamou das trevas para a sua luz admirável; 10a vós que outrora não éreis um povo, mas sois agora povo de Deus, vós que não tínheis alcançado misericórdia e agora alcançastes misericórdia.


II. OS CRISTÃOS PERANTE O MUNDO (2,11-3,12)


Exortação inicial - 11Caríssimos, rogo-vos que, como estrangeiros e peregrinos, vos abstenhais dos desejos carnais, que combatem contra a alma.

12Tende entre os gentios um comportamento exemplar, de modo que, ao acusarem-vos de malfeitores, vendo as vossas boas obras, acabem por dar glória a Deus no dia da sua visita.


Obediência às autoridades (Rm 13,1-7; Tt 3,1-7) - 13Sede, pois, submissos a toda a instituição humana, por amor do Senhor; quer ao rei, como soberano, 14quer aos governadores, como enviados por ele para punir os malfeitores e honrar os que fazem o bem. 15Pois é esta a vontade de Deus: que, praticando o bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos.

16Actuai como homens livres, não como aqueles que fazem da liberdade um pretexto para a maldade, mas como servos de Deus. 17Respeitai a todos, amai os irmãos, temei a Deus, honrai o rei.


Obediência dos escravos (1 Tm 6,1-2; Tt 2,9-14) - 18Vós, servos, sede obedientes com todo o respeito aos vossos senhores, não só aos bons e compreensivos, mas também aos severos. 19Pois é meritório suportar contrariedades em atenção a Deus, sofrendo injustamente.

20Aliás, que mérito tem suportar que vos batam, se vos portais mal? Mas se, fazendo o bem, sofreis com paciência, isso é uma coisa meritória diante de Deus. 21Ora, foi para isto que fostes chamados; visto que Cristo também padeceu por vós, deixando-vos o exemplo, para que sigais os seus passos.

22Ele não cometeu pecado,
nem na sua boca se encontrou engano;
23ao ser insultado, não respondia com insultos;
ao ser maltratado, não ameaçava,
mas entregava-se àquele que julga com justiça;
24subindo ao madeiro,
Ele levou os nossos pecados no seu corpo,
para que, mortos para o pecado,
vivamos para a justiça:
pelas suas chagas fostes curados.
25Na verdade, éreis como ovelhas desgarradas,
mas agora voltastes ao Pastor
e Guarda das vossas almas.



Capítulos

1Pe 1 1Pe 2 1Pe 3 1Pe 4 1Pe 5